Três anos de contrato e R$ 1,4 milhão. A oferta do SP para manter Marcinho

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Marcinho em ação pelo São Paulo

    Marcinho em ação pelo São Paulo

O São Paulo faz planos para atender ao pedido de Rogério Ceni e manter Marcinho em seu elenco. Emprestado pelo São Bernardo até o fim desta temporada, o meia atacante conquistou a confiança do treinador, que pediu a sua contratação. Segundo apurou o UOL Esporte, a diretoria precisa desembolsar R$ 1,4 milhão para adquirir 60% dos direitos do atleta. No caso, os 40% restantes continuarão com o time do ABC.

Por contrato, o São Paulo tem a preferência na hora de fazer a compra do jogador, mesmo se outros clubes apresentarem propostas. Por outro lado, precisa apresentar uma oferta com vínculo superior a um ano. Satisfeita com o jogador, a diretoria prepara um acordo por três temporadas.

Apesar de ter disputado apenas dez jogos pelo São Paulo e marcado só um gol, Marcinho já é considerado uma peça importante no elenco de Ceni. Versátil, ele atuou no ataque e foi improvisado em algumas ocasiões na lateral direita. Além de ter dado conta do recado dentro de campo, o jogador de 22 anos tem, na opinião da direção tricolor, um excelente potencial de revenda.

Marcinho chamou a atenção do ex-goleiro e do departamento de estatísticas tricolor durante o Campeonato Paulista, quando defendeu o São Bernardo. Coincidentemente, ele disputou a sua última partida pela equipe do ABC justamente contra o São Paulo, quando o time foi rebaixado no Estadual. Na competição, ele jogou dez partidas e marcou um gol.

Esta não é a primeira passagem do meia atacante por um clube considerado grande. Ele atuou nas categorias de base do Corinthians e da Ponte Preta - além de ter defendido o Vila Nova e o Remo. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos