Castán deixa volta ao Corinthians no ar e indica chance de reviravolta

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Giorgio Perottino

    Leandro Castán participou de negociação recente com o Corinthians

    Leandro Castán participou de negociação recente com o Corinthians

A direção do Corinthians considera o negócio difícil, praticamente impossível no momento, mas Leandro Castán torce por uma reviravolta. Em entrevista ao UOL Esporte em meio às férias na Praia do Forte, na Bahia, o zagueiro indicou que ainda pode ter novidades durante a janela de transferências na Europa.

Castán pertence à Roma-ITA e se reapresenta no início do próximo mês para a pré-temporada, com mais dois anos de contrato assegurados. A equipe italiana até topou abrir mão dele, mas o Corinthians precisaria assumir salários que considerou acima do orçamento atual.

"Acompanhei pela internet essa negociação e só posso agradecer o carinho de todos. Não sei se vai dar certo ou não. Semana que vem, me reapresento na Roma e depois inicio os treinamentos. Mas fico agradecido e feliz pelos torcedores, pelo carinho. É um sinal que o trabalho foi bem feito e quem sabe um dia eu volte. Quem sabe ainda possa ser nessa janela. A cada ano parece que isso fica mais perto. Quem sabe esse dia não esteja chegando", disse Castán.

"Tenho dois anos de contrato e vou começar a trabalhar. Meu pai conversou com o Corinthians, explicamos a nossa situação e agora cabe ao Corinthians", reforçou o zagueiro em entrevista especial sobre os cinco anos do título corintiano na Copa Libertadores - irá ao ar na próxima terça-feira.  

Sempre em contato com Fábio Carille, com quem tem ótimo relacionamento, Leandro Castán disse acompanhar com frequência a atual equipe, líder da Série A. "O time está muito bom, está voando. Vamos ver as prioridades deles. Tenho acompanhado, está muito bem montado. Vendo os jogos, me lembro do time de 2011 que foi campeão brasileiro. É muito parecido. O Fábio conhece bem o Corinthians, sabe de tudo que precisa, soube arrumar a casa", explicou. 

Nos últimos dias, o Corinthians indicou que havia saído do mercado no que diz respeito a contratações e que iria focar esforços na manutenção do atual elenco. Há, porém, muitas dúvidas sobre a situação dos dois zagueiros: Balbuena já teve oferta rejeitada do Genoa-ITA (R$ 11 milhões) e seus empresários ainda trabalham o mercado europeu; Pablo precisa ser comprado em definitivo para que a permanência seja assegurada. Ele pertence ao Bordeaux.

Dentro desse contexto, o nome de Castán ganharia força no Corinthians caso houvesse a possibilidade e de saída de um dos titulares ou se a Roma revisse as condições financeiras para um empréstimo. Com 30 anos, o zagueiro teve passagem de destaque pelo clube com a conquista do Brasileirão 2011 e da Libertadores 2012. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos