"Atlético de Madrid precisava de mim e seria sujo sair", diz Griezmann

Do UOL, em São Paulo

  • Javier Soriano/AFP

    Griezmann bate pênalti para o Atlético de Madri contra o Real Madrid

    Griezmann bate pênalti para o Atlético de Madri contra o Real Madrid

Em entrevista à revista britânica "FourFourTwo", a punição imposta pela Fifa ao Atlético de Madri ajudou a segurar Antoine Griezmann na Espanha. O clube não pode registrar reforços até janeiro depois de descumprir o regulamento de transferências.

"Fiquei principalmente por causa da punição. O Atlético precisava de mim agora mais do que nunca e senti que deveria ficar. Seria sujo sair. Eu não seria eu mesmo, ou a pessoa que sinto que sou hoje, se eu tivesse deixando o clube desta forma", disse Griezmann.

"Falei com Diego Simeone (técnico do Atlético) sobre a situação, nossas opções e como ele queria que eu ficasse para trabalharmos no que poderíamos fazer. Então, finalizamos tudo com Miguel Angel Gil (dietor-executivo do clube). Tenho respeito demais por esse clube e pelas pessoas que trabalham nele para sair agora porque, assim como a Real Sociedad, eles me deram tudo", completou.

Griezmann ainda negou que tenha ligado para José Mourinho para comunicar sua renovação com o Atlético até 2022.

"Isso é totalmente inventado. Falso. Foi minha decisão. Eu comuniquei ao clube. Foi isso", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos