Chapecoense acerta retorno de Vinícius Eutrópio para vaga de Mancini

Daniel Fasolin

Colaboração para o UOL, em Chapecó (SC)

  • Divulgação / Santa Cruz FC

    Treinador comandou a Chape em 2015; depois, passou por Ponte, Figueirense e Santa

    Treinador comandou a Chape em 2015; depois, passou por Ponte, Figueirense e Santa

Depois de receber a recusa de Enderson Moreira para comandar a equipe após a saída de Vagner Mancini, a Chapecoense acertou a contratação de Vinicius Eutrópio para a continuidade do Campeonato Brasileiro e também da Copa Sul-Americana.

Enderson e Vinicius eram os favoritos da direção após uma reunião emergencial realizada ainda nesta terça-feira em Chapecó. Uma lista de 12 nomes foi debatida, e os dois foram os preferidos da maioria.

Um dia depois, Rui Costa, diretor executivo do clube, conversou com Enderson e acabou recebendo um não do treinador, que permanecerá no América-MG. Após a reunião em Minas Gerais, Rui se dirigiu até Florianópolis para acertar os detalhes da contratação de Eutrópio.

A reunião ocorreu na noite desta quarta-feira na capital catarinense. As duas partes entraram em consenso com relação a salários e também com o projeto a ser seguido pela Chapecoense.

Mais cedo, Rui Costa havia afirmado que o clube "busca um treinador com as características da Chapecoense, que conheça o elenco e possa também dar apoio as categorias de base do clube".

Vinicius treinou a Chapecoense em 2015 e comandou a equipe por 49 jogos. No período de nove meses, ele acumulou 21 vitórias, 12 empates e 16 derrotas, com um aproveitamento de 51%. Foi demitido após uma sequência de maus resultados e passou posteriormente por Ponte Preta, Figueirense e Santa Cruz. Atualmente o treinador estava desempregado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos