Dupla de Vinicius Júnior na seleção é preparada para ser lançada no Vasco

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • CBF

    Paulinho (esq.) e Vinícius Jr. (dir.): parceiros de ataque na seleção sub-17

    Paulinho (esq.) e Vinícius Jr. (dir.): parceiros de ataque na seleção sub-17

Fevereiro de 2017. Os holofotes do mundo se voltam para Vinícius Júnior, joia badalada da base do Flamengo e principal estrela da seleção brasileira sub-17 que iniciava a disputa do Sul-Americano da categoria. O jovem não decepcionou. Artilheiro e eleito o melhor jogador da competição, carregou o time ao título, mas teve ao seu lado a importante ajuda de Paulinho, seu companheiro de ataque que, curiosamente, defende o maior rival, o Vasco.

Paulinho, apesar de coadjuvante, também teve participação decisiva e fez até gol na partida final, contra o Chile, dono da casa. Se ainda não teve ascensão meteórica como o rubro-negro, que já foi vendido ao poderoso Real Madrid por cerca de R$ 164 milhões, o vascaíno também pula etapas de forma rápida. Aos 16 anos – completará 17 na semana que vem – ele já treina em algumas oportunidades com os profissionais e deve ser lançado em breve pelo técnico Milton Mendes na equipe.

O treinador, inclusive, já chegou até mesmo a testá-lo como titular na semana que antecedeu o jogo contra o Atlético-GO em São Januário, quando o jovem acabou sendo relacionado pela primeira vez para o banco de reservas. Na ocasião, Milton admitiu que pensou em colocá-lo no decorrer do duelo.

"Se o jogo estivesse mais tranquilo, eu teria colocado o Paulinho. Vem treinando bem, tem qualidade muito boa", disse o técnico após o 1 a 0 sobre os goianos.

Amizade e rivalidade com Vinícius Júnior

Embora rivais, Paulinho e Vinícius Júnior são amigos fora de campo, numa relação que foi construída ao longo das convocações para as seleções brasileiras de base. No Sul-Americano, os dois formaram um trio de ataque que ainda contava com o também rubro-negro Lincoln.

Em seus respectivos clubes, Paulinho e Vinícius Júnior protagonizaram diversos clássicos em São Januário e Gávea com um retrospecto equilibrado.

"Fora de campo todos são amigos, mas em campo as coisas mudam. Ele no Flamengo e eu no Vasco. O Flamengo também tem o Lincoln e o Patrick. Ele (Vinicius Júnior) foi eleito o principal jogador da competição e nos ajudou muito", disse Paulinho ao Sportv após a conquista no Chile.

Do sub-17 ao profissional rapidamente

Carlos Gregório Júnior / Flickr do Vasco
Paulinho segura o troféu de campeão da Taça Rio sub-20

Tão logo terminou o Sul-Americano sub-17, em março deste ano, Paulinho já foi efetivado no sub-20. Sempre presente nos jogos da categoria de base, o técnico Milton Mendes rapidamente se encantou pelo atacante e passou a chamá-lo para treinos entre os profissionais. Atualmente, ele se reveza nas duas categorias, mas a tendência é a de que fique cada vez mais tempo no time de cima.

Enquanto a sonhada chance ainda não acontece de fato, Paulinho segue sendo decisivo entre os mais novos. Depois de ter feito gol na final da Taça Guanabara sub-20, contra o Fluminense, levando o Vasco ao título, ele repetiu a dose no último domingo, na decisão da Taça Rio, quando também levantou o caneco sobre o rival Flamengo.

Neste domingo (9), ele voltará a defender o sub-20 na semifinal do Campeonato Carioca contra o Botafogo. "Nosso processo é sempre olhar os dois lados, dar a oportunidade sem queimar etapas. Tudo com cabeça, tronco e membros", disse Milton Mendes sobre os jovens.

Coincidências com Romário

Paulinho possui algumas coincidências com o craque Romário que vão além do início de carreira no Vasco. O jovem também é oriundo do bairro da Vila da Penha, no Rio de Janeiro, joga com a camisa 11 e possui um irmão com o mesmo nome de batismo do "Gênio da Grande Área", autor de mais de mil gols.

Apesar das semelhanças, seu estilo de jogo é diferente, já que Paulinho, não é, de fato, um centroavante, tendo mais mobilidade e caindo também pelas pontas.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos