Insatisfeita, diretoria cobra elenco do Cruzeiro e mantém confiança em Mano

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Cristiane Mattos/Light Press/Cruzeiro

    Klauss Câmara, diretor de futebol do Cruzeiro, faz análise do momento do Cruzeiro

    Klauss Câmara, diretor de futebol do Cruzeiro, faz análise do momento do Cruzeiro

A volta do Cruzeiro aos treinamentos, ocorrida na manhã desta quarta-feira (5), foi muito intensa. Houve protesto da torcida contra o mau momento do time, reunião da diretoria com elenco e uma conversa de membros da cúpula com 12 torcedores que participaram da manifestação.

Na ausência do presidente Gilvan de Pinho Tavares e do vice Bruno Vicintin, o gerente Tinga e o diretor Klauss Câmara assumiram a responsabilidade. A dupla cobrou melhor rendimento do grupo antes do início das atividades, previsto para 10h (de Brasília), e se reuniu com as organizadas. Em entrevista coletiva após o fato, ambos reforçaram a confiança no trabalho feito por Mano Menezes na Toca da Raposa II.

"As torcidas organizadas queriam falar com os jogadores, mas achamos melhor falar conosco [da diretoria]. O que eles queriam, eu já havia falado com os jogadores. A cobrança é pertinente. Mas o apoio é total", afirmou Tinga.

Klauss Câmara endossa a insatisfação da torcida, mas crê que a eliminação precoce na Copa Sul-Americana foi um fator determinante para os protestos:

"Não tem ninguém satisfeito com o momento que estamos vivendo, mas a grande frustração foi a eliminação precoce na Sul-Americana. Mas quando a gente pensa no que tem pela frente, nos profissionais que temos, a gente acredita que vamos virar essa chanve e ir em busca das três competições que ainda podemos ganhar", comentou.

"Nossa conversa se baseou em estarmos diante de um problema. Foram apenas duas vitórias nos últimos 10 jogos. Mas já tivemos outros bons momentos e a solução virá com trabalho, todos ser dedicando ao máximo. Sabemos que temos um grupo de qualidade. E o momento é de ter tranquilidade", acrescentou.

O diretor de futebol ainda reforçou o respaldo no trabalho de Mano Menezes e demonstrou confiança na possibilidade de títulos na atual temporada:

"Há muita dificuldade quando se demite o treinador no Brasil. E acho que temos um dos melhores. É um dos motivos que acreditamos que podemos ter uma temporada positiva", concluiu Klauss Câmara.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos