Flu tem cota da Globo penhorada por dívida milionária de velho casarão

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Reprodução/internet

    Fachada do imóvel em Laranjeiras: Flu sofreu penhora

    Fachada do imóvel em Laranjeiras: Flu sofreu penhora

Atolado em dívidas de todas as naturezas, o Fluminense somou mais uma para a sua coleção.

Por conta de atrasos no aluguel de um casarão que já serviu de alojamento para jogadores de fora do Rio, na Rua Belisário Távora, em Laranjeiras, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou a penhora de 15% dos direitos de TV pagos pela Rede Globo ao clube. Apenas em luvas pelo contrato que vai entre 2019 e 2024, o Tricolor embolsou R$ 40 milhões.

A dívida questionada pelo espólio de Nello Bianchi soma R$ 3,2 milhões e o recurso apresentado pelo Tricolor foi negado por unanimidade.

O clube tentou reduzir o percentual para 5%, mas o desembargador Luiz Henrique Oliveira Marques entendeu que o Flu não havia juntado toda a documentação necessária em seu recurso.

O contrato foi firmado em 1 de outubro de 1990, com término previsto para 31 de janeiro de 1993. Na ação inicial impetrada pela inventariante Maurília Bianchi, ela alega que o fim do acordo não se concretizou e que o Fluminense só paga atrasados mediante cobrança judicial.

Na ação, ela alega que "depois de inúmeras tentativas frustradas de cobrança amigável dos alugueis em atraso, o autor não encontrou outra alternativa senão promover a ação de despejo cumulada com a cobrança dos atrasados".

No agravo de instrumento apresentado, o Flu pondera e afirma que "com o bloqueio de tal valor, o agravante deixará de pagar diversos funcionários, bem como deixará de efetuar o pagamento de contas básicas para manutenção de suas instalações, como por exemplo, água e luz".

Ao UOL Esporte, o Flu informou que irá recorrer.  O advogado Paulo Cezar Martins, responsável pela ação, não foi encontrado para comentar a decisão.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos