Presidente do Corinthians promete pagar dívida e evita processo do CRB

Dassler Marques e Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O presidente corintiano Roberto de Andrade prometeu pagar o CRB-AL pela compra do atacante Luidy até o fim de julho. Assim, evitou que o Corinthians fosse alvo de mais um processo judicial. O clube deve R$ 400 mil à equipe alagoana, dívida que havia sido revelada pelo UOL Esporte recentemente.  

"O presidente do Corinthians entrou em contato conosco ontem [terça] e disse que até dia 30 pagará a primeira parcela atrasada. E que a gente não se preocupasse, que no segundo mês [agosto] pagaria a segunda. Eles venderam um jogador para a Rússia [Léo Jabá] e aguardam o dinheiro chegar em até 10 dias", disse Marcos Barbosa, presidente do CRB, ao UOL Esporte

"Estávamos preparados para ir pra justiça amanhã [quinta], mas a conversa foi boa e o presidente disse 'pode confiar, tivemos problemas com ações, mas vamos pagar'", explicou ainda Marcos. 

Adquirido em 2016, Luidy chegou do CRB no começo deste ano, mas sequer estreou com a camisa do Corinthians. O atacante de 20 anos foi emprestado ao Figueirense para a disputa da Série B e tem agradado a comissão técnica corintiana por seu desempenho nas primeiras rodadas. O empréstimo é válido até dezembro. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos