Fla não consegue regularizar Geuvânio e caso para na Fifa

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    Geuvânio foi apresentado no Flamengo ao lado do presidente Bandeira de Mello

    Geuvânio foi apresentado no Flamengo ao lado do presidente Bandeira de Mello

Geuvânio virou um problema para o Flamengo. O clube não recebeu até quarta-feira (5) a documentação de transferência do atacante para regularizá-lo na CBF (Confederação Brasileira de Futebol). O chinês Tianjin Quanjian não enviou nada referente ao atleta, emprestado ao Rubro-negro até dezembro de 2018, e o caso parou na Fifa.

O Rubro-negro requisitou na entidade máxima do futebol mundial a documentação provisória para inscrevê-lo. A expectativa é a de que o registro seja concedido nos próximos dias. Em nota, o Flamengo também informou: "A atitude do Tianjin Quanjian, que firmou contrato válido de transferência gratuita do atleta com o CRF, pelo período de 18 meses, será passível de sanções desportivas e financeiras. Além disso, tão logo o registro seja concedido, o CRF irá pleitear junto à FIFA o ressarcimento ao clube chinês pelo período em que o atleta ficou impedido de atuar na equipe profissional".

O fato é que Geuvânio treina há 15 dias no Ninho do Urubu e a estreia ainda está distante. O Santos ainda não "engoliu" a transferência do jogador para o Flamengo. O clube paulista se apoia na cláusula de exclusividade firmada no contrato de venda do atacante para o futebol chinês. No entanto, a diretoria alvinegra não acionou a Fifa, como ameaçou durante as negociações entre o clube carioca e o jogador.

Explica-se: o Santos aguarda o Tianjin Quanjian pagar a multa imposta no contrato por ter negociado o atleta com outro clube brasileiro. O valor da cláusula é considerado baixo no futebol - cerca de 500 mil euros. Por sua vez, o clube chinês não tomou qualquer iniciativa e a situação envolvendo Geuvânio segue travada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos