Passado como atleta faz Tinga ser crucial para aliviar pressão no Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Gerente de futebol Tinga tem a incumbência de amenizar crise no Cruzeiro

    Gerente de futebol Tinga tem a incumbência de amenizar crise no Cruzeiro

Tinga se tornou peça-chave da diretoria para aliviar a pressão sobre o grupo do Cruzeiro. Contratado para ser gerente de futebol no início deste ano, o ex-volante é quem tem a incumbência de amenizar as crises e cobranças que chegam ao elenco.

Na reapresentação depois do revés para o Atlético-MG, o dirigente se reuniu com o elenco e exigiu melhora de rendimento. O UOL Esporte apurou que Tinga foi quem mais falou com os comandados de Mano Menezes na conversa que ocorreu na manhã da última quarta-feira (5).

O passado como atleta é o que credencia o ex-meio-campista a ter este tipo de responsabilidade na diretoria. O presidente Gilvan de Pinho Tavares e o vice Bruno Vicintin têm muita confiança no gerente de futebol.

"Vivi a pressão dentro do campo e agora vivo fora. O sentimento da diretoria é que o momento é de cobrança, mas interna. Procuro ser verdadeiro com os jogadores, falar o que penso, o que vi que é o caminho do sucesso. Temos de caminhar juntos", explicou Tinga após o encontro com o plantel.

"A gente tem de se doer quando qualquer um de nós é criticado. Acho que a cobrança foi diferente e a postura vai ser também. Quando acabou o Estadual, tivemos um papo com os jogadores, pois vínhamos fazendo uma boa campanha. Agora, está todo mundo p... da cara, para usar a linguagem direta", acrescentou.

A condição de ídolo do Cruzeiro também foi preponderante para que o ex-atleta, bicampeão brasileiro com as cores da equipe em 2013 e 2014, também se reunisse com 12 membros de organizadas no protesto da última quarta na Toca da Raposa II.

"As torcidas organizadas queriam falar com os jogadores, mas achamos melhor falar conosco [diretoria]. O que eles queriam, eu já havia falado com os jogadores. A cobrança é pertinente. Mas o apoio é total", concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos