TJD pede para suspender homologação do resultado da final do Pernambucano

Roberto Oliveira

Colaboração para o UOL, em Recife

  • Marlon Costa/Futura Press/Estadão Conteúdo

    Salgueiro 0 x 1 Sport ficou marcado por anulação de gol dos donos da casa

    Salgueiro 0 x 1 Sport ficou marcado por anulação de gol dos donos da casa

O presidente em exercício do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de Pernambuco, Vitor Freitas Andrade Vieira, ordenou através de despacho publicado nesta quinta-feira (6) a suspensão da homologação do resultado do jogo final do Campeonato Pernambucano, Salgueiro 0 x 1 Sport, em 28 de junho passado.

A decisão atende pedido do goleiro do Salgueiro, Luciano, que foi à Justiça requisitando a anulação da partida.

"Cite-se e intime-se a Federação Pernambucana de Futebol, na pessoa de seu presidente, para que não homologue o resultado da partida impugnada até decisão final ou, caso já homologado, suspenda-o", escreve Vitor Freitas Andrade Vieira, que é vice-presidente do TJD.

No documento, o presidente em exercício do TJD dá dois dias de prazo para o que o Sport se manifeste sobre o caso. Depois, a Procuradoria terá mais dois dias para se posicionar. E então o caso será submetido ao pleno do Tribunal.

O segundo jogo da final entre Salgueiro e Sport ficou marcado por grande polêmica. Quando a partida ainda estava empatada em zero, aos 24 minutos do segundo tempo, o time do interior teve um gol supostamente legal anulado e, mesmo depois da utilização do recurso de árbitro de vídeo, a equipe de arbitragem optou pela anulação do tento. O goleiro do clube sertanejo, então, foi à Justiça no último dia 3 pedindo a anulação da partida.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos