Boca faz oferta para comprar Centurión e espera resposta do São Paulo

Bruno Grossi e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Rivaldo Gomes/Folhapress

    Centurión chegou ao São Paulo em 2015 e nunca se firmou como titular

    Centurión chegou ao São Paulo em 2015 e nunca se firmou como titular

O Boca Juniors segue em sua empreitada para manter Ricardo Centurión, camisa 10 na conquista do Campeonato Argentino deste ano, no elenco. Para isso, o clube de Buenos Aires oferece 3,6 milhões de euros (cerca de R$ 13,8 milhões) e agora espera a contraproposta do São Paulo. Os valores não fogem do plano tricolor, que estuda manter porcentagem dos direitos econômicos do meia-atacante for mantida no Morumbi.

A fatia que pertence ao São Paulo é de 70%, comprados em 2015 por quase R$ 13 milhões. Para sair lucrando dois anos e meio após tirar Centurión do Racing, o Tricolor pensa em seguir 10% do atleta e superar o dinheiro que foi investido. Os dirigentes acreditam que, na Argentina, o meia seguirá se destacando e valorizando, podendo ser vendido para outros centros por uma quantia ainda maior.

Os 30% restantes de Centurión pertencem ao Racing, equipe que o revelou e pela qual também foi campeão argentino vestindo a camisa 10, em 2014. No Boca, passou um ano emprestado e assumiu o protagonismo do time quando Tévez foi vendido para o futebol chinês. A torcida e o técnico Guillermo Schelotto o apontaram como principal jogador da conquista da liga nacional, encerrada há duas semanas.

Centurión agora passa férias com a namorada e espera nem precisar se reapresentar ao São Paulo - contrato com o Boca terminou no dia 30 de junho. Os argentinos até tentaram prorrogar o empréstimo, mas a hipótese foi prontamente rechaçada pelos tricolores, que abriram as negociações pedindo 6 milhões de dólares para liberar os 70% dos direitos do meia-atacante.

Neste ano, o São Paulo já vendeu David Neres, Lyanco, Luiz Araújo, Thiago Mendes e Maicon. Além disso, pode perder Rodrigo Caio e Cueva ainda nesta janela de transferências. Outro atleta negociado foi Augusto Galván, que saiu da base, em fim de contrato, para o Real Madrid. O total das transações já concluídas passa dos R$ 180 milhões, sendo mais de R$ 150 milhões destinados apenas aos cofres tricolores.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos