São Paulo demite preparadores e estuda nova função para Pintado no clube

Bruno Grossi e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • Felipe Rau/Estadão Conteúdo

    Pintado não trabalha mais com o profissional do São Paulo

    Pintado não trabalha mais com o profissional do São Paulo

A saída de Rogério Ceni e a chegada de Dorival Júnior já provocou mudanças no departamento de futebol. O auxiliar técnico Pintado vai exercer nova função no clube. Em um primeiro momento, a expectativa é de colocá-lo como responsável pela transição de jogadores da base para o profissional. Já os preparador de goleiro, Haroldo Lamounier, e o preparador físico, José Mário Campeiz, foram demitidos.

As mudanças eram previstas. Zé Mário Campeiz era pressionado por dirigentes do clube há tempos, que questionavam suposta queda de rendimento físico da equipe e alto número de lesões no elenco. O clube vai contar com o preparador físico de Dorival Júnior para a função: Celso Rezende, que já desempenha a função nas outras equipes que o treinador dirigiu. Zé Mário Campeiz estava no clube desde 2011, quando chegou com Adilson Batista. Celso terá a companhia de Pedro Campos, puxado ainda por Rogério Ceni de Cotia para o CT da Barra Funda.

Para o cargo de Haroldo, o Tricolor vai contratar um preparador de goleiros. Haroldo estava no profissional desde 2003 e acompanhou boa parte da carreira de Rogério Ceni. Aliás, em 2016, ele havia sido deslocado para a base e substituído por Carlos Gallo. Neste ano, com a chegada de Ceni como treinador, voltou a trabalhar com o time profissional. O novo preparador terá auxilio de Octavio Bittencourt, que era assistente de Haroldo e também saiu de Cotia.

O clube quis deixar claro que as mudanças não foram um pedido de Dorival. O diretor-executivo de futebol, Vinicius Pinotti, conversou com o elenco antes do treino desta segunda-feira para explicar as mudanças. A atividade foi a primeira comandada pelo novo técnico, apresentado horas antes no CT.

Outra mudança que pode acontecer em breve na comissão técnica é a chegada de Paulo Autuori, que seria uma espécie de chefe do departamento de futebol. O ex-treinador exercia a função no Atlético-PR até esta segunda, quando pediu para ser desligado após a demissão do técnico Eduardo Baptista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos