Vasco solicita ao STJD que jogue em São Januário com portões fechados

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Vasco entrou com um requerimento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) tentando reverter a decisão de interditar São Januário após as cenas de barbárie no último sábado contra o Flamengo. A ideia do clube é, ao menos, mandar seus jogos no estádio sem torcida, com os portões fechados. A informação foi dada pelo site Extra e confirmada pelo UOL Esporte.

Questionado sobre o tema, o técnico Milton Mendes admitiu a preferência destacando motivos para tal.

"É uma pergunta que não é fácil, mas desde que acabou o jogo já estou pensando nisso. Imaginávamos milhões de cenários mas, dentro da nossa casa, com ou sem torcedor, é dentro da nossa casa. Você quando está na sua residência acorda à noite e não precisa acender a luz para caminhar, já conhece a casa. Aí vamos jogar onde? Brasília (DF)? Volta Redonda (RJ)? Cariacica (ES)? Tem viagens, logística difícil... Além das viagens que nós temos fora de casa, teríamos que viajar toda semana", declarou o treinador.

Milton Mendes, no entanto, torce que a posição seja revista e o Vasco consiga mandar seus jogos em casa com a presença da torcida:

"É uma decisão muito difícil. O ideal era jogar em São Januário com nosso torcedor. Até porque acredito que as coisas vão ser vistas de forma positiva. São Januário não deixou de ser seguro de domingo para cá. Tivemos outros jogos aqui e não teve nada. Deixou de ser seguro só na última semana? O STJD, os órgãos capacitados vão usar as provas e tomar as decisões mais corretas possíveis".

Além do pedido de interdição, o STJD encaminhou denúncias que podem fazer o Vasco perder até 25 mandos de campo.

Para obter a autorização de atuar com portões fechados, o clube se baseia no despacho da CBF da última segunda-feira onde se destaca apenas a proibição de torcida em jogos em São Januário.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos