Daniel Alves diz que opinião da mulher ajudou na escolha pelo PSG

Do UOL, em São Paulo

Novo reforço do PSG, Daniel Alves diz que levou em consideração a opinião da sua mulher, Joana Sanz, na escolha pelo PSG. O lateral era cobiçado pelo Manchester City, Chelsea e Tottenham, mas optou por assinar vínculo de duas temporadas com o clube parisiense.

"[A decisão de escolher o PSG] Foi um pouco de tudo. Paris é a cidade favorita da minha esposa. Eu também tenho muitos amigos no PSG, antigos colegas de equipe".

"Paris é a cidade do amor. É também uma cidade do futebol. Há um projeto muito interessante em Paris. Eu tenho amigos aqui. Sou um homem de desafios", disse Alves, que se casou no fim de semana, em festa secreta em Ibiza.

GONZALO FUENTES/Reuters

Título da Liga dos Campeões

Muitas das perguntas da entrevista oficial tiveram como tema a Liga dos Campeões. O PSG mira o título inédito da competição. Daniel Alves soma três taças da Liga no currículo. Sobre o tema, o lateral respondeu:

"Nosso objetivo é vencer a Liga dos Campeões. Nós vamos construir uma família para alcançar esse feito"

"Eu tenho a sorte de ganhar a Liga dos Campeões três vezes. Eu quero trazer a minha experiência."Alves chegou a Paris na segunda-feira para a realização de exames clínicos.

Os rumores indicavam que Alves estaria a caminho do City, já que a contratação do lateral teria sido um pedido do técnico Pep Guardiola - com quem o brasileiro tem ótima relação desde os tempos de Barcelona. O PSG, porém, foi o último clube a entrar na disputa e cobriu todos os pedidos do jogador para ganhar a concorrência. Daniel, inclusive, pediu desculpas se porventura frustrou Guardiola com a escolha do time francês.

"Disse que o Campeonato Inglês me atrai muito. Se Guardiola e o Manchester City se sentiram feridos pela minha decisão, lamento, mas chegue aqui para ser campeão", afirmou.

Uma das principais vontades de Daniel Alves era ter mais dois anos de contrato com o clube que fosse defender na próxima temporada. A duração do acordo, inclusive, foi o que impediu a renovação do vínculo com a Juventus, que ofereceu apenas um ano ao lateral brasileiro.

Aos 34 anos, Daniel Alves foi essencial no esquema da Juventus na última temporada e ajudou a equipe italiana no título do Campeonato Italiano e a chegar à final da Liga dos Campeões.

Mais aspas da coletiva de Daniel Alves:

"Eu tenho um espírito jovem. Enquanto eu permanecer jovem, eu continuarei a lutar" 
 
"Eu gosto de ganhar, de fazer história. Quero constantemente abrir novos horizontes" 
 
"Este é o terceiro ano que o meu nome é associado ao PSG. Desta vez deu certo".
 
"O trabalho do clube tem feito nos últimos anos é muito empolgante. É um time ambicioso."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos