Ex-jogador do Parma é preso e confessa ter matado mãe e irmã

Do UOL, em São Paulo

O ex-jogador do Parma Solomon Nyantakyi, de 21 anos de idade, confessou ter matado a mãe e a irmã de 11 anos na última terça-feira (11). Ele assassinou as familiares com facadas no apartamento onde viviam na Itália.

O jovem de 21 anos já foi localizado e preso pela polícia de Milão. Ele foi reconhecido por agentes da polícia ferroviária quando tentava fugir.

Nyantakyi era promessa no futebol europeu. Na temporada 2014/15, o jogador chegou a atuar pelo Parma no Campeonato Italiano.

"Não é fácil definir o caráter de um jovem jogador. Mas eu lembro que era um menino quieto, diria que silencioso. É realmente difícil entender o que passou pela cabeça deles", falou Roberto Donadoni, ex-técnico do atleta no Parma.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos