Novo reforço do Palmeiras impressionou Cuca pela televisão

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

Fim de tarde de terça-feira, Alexandre Mattos acerta a contratação de Deyverson, atacante brasileiro que defendeu o Alavés com destaque na temporada passada. Início da tarde, o Palmeiras confirma a contratação do jogador e desperta questionamentos dos próprios torcedores. Afinal, quem é Deyverson? Quem conhece muito bem o atleta é o técnico Cuca, responsável direto pela indicação do nome.

Segundo apuração do UOL Esporte com pessoas próximas ao comandante palmeirense, Cuca encantou-se com Deyverson ao assistir jogos do Alavés pela televisão, especialmente diante dos grandes Barcelona e Real Madrid.

O jogador anotou gols contra os dois grandes clubes da Espanha e ainda terminou a temporada como vice-campeão da Copa do Rei. O Alavés acabou derrotado na final pelo Barcelona.

As exibições na Espanha, entretanto, tornaram-se o grande adversário do Palmeiras para cumprir o desejo de Cuca. Tratado por Luis Enrique, ex-comandante do Barça, como um dos nomes mais completos do futebol espanhol, Deyverson despertou a atenção de outros clubes europeus, mas o Palmeiras venceu a negociação.

As primeiras sondagens a Deyverson ocorreram há mais de um mês, após Cuca citar o atacante como nome ideal, junto a Richarlison. Diego Souza surgiu como alternativa de mercado e virou o nome mais falado nas últimas semanas; a proposta palmeirense segue com o atacante, que decidirá nos próximos dois dias sobre o futuro.

A concorrência com o futebol europeu fazia o Palmeiras adotar cautela na negociação. O departamento de futebol tratava a chance de acordo como "muito difícil" até a última terça-feira, dia no qual Alexandre Mattos finalizou o acordo de R$ 18 milhões – a Crefisa deve ajudar com este valor.

A chegada de Deyverson não inviabiliza a de Diego Souza, mas congela as movimentações palmeirenses no mercado. O clube mantém as condições apresentadas ao jogador do Sport e, com a chegada do ex-atleta do futebol espanhol, não se movimentará em caso de negativa por parte do camisa 87 do time pernambucano.

Com o novo reforço, Cuca recebe um jogador com as características que desejava no mercado: força física, movimentação e capacidade para atuar em alto nível nas três posições de ataque, segundo análise do próprio Palmeiras. Sem a posse, o atacante de 26 anos participa da pressão na saída de bola dos zagueiros e da marcação, características contrárias a de Miguel Borja, por exemplo.

Como referência, posição ocupada por Willian e apontada pelo treinador como necessidade dento do elenco, Deyverson possui explosão e velocidade, ideal para um ataque veloz com Guedes e Dudu, também analisa o Palmeiras. A questão física, entretanto, acaba em questionamento neste momento, já que o jogador agregado ao elenco campeão nacional se encontrava em férias.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos