Carille diz ter recusado oferta tentadora da China: 'Cortei logo no início'

Do UOL, em São Paulo

  • Miguel Schincariol/Getty Images

O técnico Fábio Carille afirma ter recebido ofertas tentadoras, sendo uma delas do futebol chinês. À rádio Bandeirantes, o técnico do Corinthians disse que se recusou a abrir negociação.

"Foi um clube da China que me procurou. Foi uma conversa muito rápida. Eu cortei o papo no início", disse Carille, nesta quinta-feira.

"Quando vieram conversar comigo sobre a proposta eu cortei a conversa no meio. Hoje, sou técnico do Corinthians", acrescentou o técnico.

Campeão paulista e líder do Brasileirão com o Corinthians, Carille tem contrato com o time paulista até o fim do ano. A sua renovação depende de definições políticas. O Conselho do Corinthians escolherá novo presidente no fim da temporada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos