O que esperar de Neymar na quinta temporada pelo Barcelona?

João Henrique Marques

Do UOL, em Barcelona

  • Sergio Perez/Reuter

Mais gols, maior participação defensiva e protagonismo. Neymar inicia nesta sexta-feira a quinta temporada pelo Barcelona com a expectativa de crescimento técnico. A rara participação nos treinos e jogos preparatórios é vista como ponto-chave pelo clube.

Neymar vai participar da pré-temporada completa pelo Barcelona pela primeira vez. Nas quatro anos anteriores, compromissos com a seleção brasileira (Copa das Confederações, 2013, Copa do Mundo 2014, Copa América 2015 e Olimpíada 2016) deixaram a presença do jogador nas atividades inicias como incompleta.

"Isso sim é um ponto considerado marcante por todos no clube. O Neymar teve férias completas, chega descansado e com responsabilidades. O protagonismo nas primeiras partidas já é esperado", destacou Roger Torrelo, repórter do jornal catalão, Mundo Deportivo.

Neymar teve como último compromisso pelo Barcelona a final da Copa do Rei vencida por 3 a 1 contra o Alavés no dia 27 de maio. Assim, foram 45 dias de descanso aproveitados com viagens aos Estados Unidos e Brasil.

Inicialmente, o retorno para treinamentos com o Barcelona estava previsto para quarta-feira. No entanto, assim como Messi, Piqué e Arda Turan, o brasileiro foi escalado para viagem com o marketing do clube ao Japão.

Mais gols

O problema de Neymar apontado pela imprensa catalã na temporada passada foi o baixo número de gols. Foram 20, em 45 jogos disputados. O rendimento só não foi pior do que na primeira temporada pelo clube quando marcou 15 gols, em 41 jogos. – Em 2014/2015 foram 39 gols, em 51 partidas e 2015/2016 foram 31 gols, em 49 jogos.

"É considerável uma participação crescente em assistências, mas o detalhe é que na temporada passada foram muitos erros de finalização. O que se fala por aqui é que deve gols para este ano", destacou Bruno Alemany, repórter da rádio espanhola Cadena Ser.

Como vai jogar Neymar?

A incógnita com o novo treinador, Ernesto Valverde, atinge Neymar. O brasileiro não sabe se vai atuar com mais ajuda ofensiva ao lado de Jordi Alba. Ou se terá maiores obrigações defensivas em um esquema 3-4-3.

Em Barcelona, a crença é de que Neymar, bastante sacrificado defensivamente na temporada passada, terá responsabilidades ainda maiores no setor. Isso, pois a imaginação é de que Valverde vai optar por deixar o meio-campo do Barça mais povoado, sobrando assim mais espaços nas laterais.

"A maior bronca do Luis Enrique com o Neymar foi defensiva. Na partida contra a Juventus (derrota por 3 a 0 em Turim, pelas quartas de final da Liga dos Campeões), ele tinha que acompanhar o Mathieu na primeira linha fechando avanços do Dani Alves e do Cuadrado. Ali foi notado um ponto fraco do Barça. O Valverde deve corrigir isso sacrificando ainda mais o Neymar", disse o comentaria da TV Bein Sports Espanha, Alain Valnegri.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos