Viúva de torcedor do Palmeiras desabafa: 'uma briga que não era dele'

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Morto após briga entre torcedores, Leandro Zanho era casado com Tabata Vello e deixa 3 filhos

    Morto após briga entre torcedores, Leandro Zanho era casado com Tabata Vello e deixa 3 filhos

Viúva de Leandro Zanho, Tabata Vello postou mensagem nas redes sociais lamentando a morte do marido. Leandro foi esfaqueado durante briga envolvendo torcedores do Palmeiras e Corinthians, na zona oeste de São Paulo, pouco após o clássico entre as duas equipes.

"Leandro faleceu em decorrência de facadas durante uma briga que não era dele. Nem de ninguém. Mais uma triste história de um torcedor comum que deixa amigos e família com um vazio que nada nem tempo algum podem apagar. Leandro é insubstituível", escreveu Tabata.

Confira a mensagem postada pela viúva do torcedor palmeirense:

*PELA PAZ*

Leandro (Gog) trabalhava há 13 anos na mesma empresa. Era casado, pai de 3 crianças. Apaixonado pelo #Palmeiras, frequentava estádio, mas, nunca foi de torcida organizada. Um cara da paz que amava seu time sem precisar odiar o adversário de campo. Leandro faleceu hoje, as 7h30, em decorrência de facadas durante uma briga que não era dele. Nem de ninguém. Mais uma triste história de um torcedor comum que deixa amigos e família com um vazio que nada nem tempo algum podem apagar. Leandro é insubstituível.

Pra nós, que convivíamos com ele, uma pergunta não cansa de soar: pra quê?

A vida de Leandro valia muito. E não combina com ele esse fim trágico. Nem com esporte. Nem com Palmeiras. Nem com Corinthians. Nem com o espírito que move os torcedores e equipe técnica dos clubes. O esporte, desde sempre, tem a função social de agregar, de unir comunidades, de encontrar pessoas e celebrar a vida, ainda que haja disputa. Neste momento do Brasil, mais do que nunca precisamos evoluir e entender que adversários não são nossos inimigos. Precisamos de tolerância e espírito fraterno.

Esperamos, visto que o fato é irremediável, que a morte de Leandro sirva para despertar a consciência das pessoas. O amor ao próximo, o carinho como o que ele tinha pelo Palmeiras. E que a gente passe a transformar os sentimentos negativos em ações de solidariedade capazes de construir um mundo melhor. Pra todos.

#paznofutebol # paznastorcidas

TE AMAMOS ETERNAMENTE 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos