'Estamos seguros de que não cairemos', diz equatoriano do São Paulo

Bruno Grossi e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Ricardo Moreira/Fotoarena/Estadão Conteúdo

    Arboleda tem somente três partidas com a camisa do Tricolor

    Arboleda tem somente três partidas com a camisa do Tricolor

O São Paulo não vence há nove partidas e ocupa a 17ª colocação do Campeonato Brasileiro. A presença na zona de rebaixamento causa pressão para dirigentes e jogadores e deixa a torcida apreensiva com a possibilidade da primeira queda na história do clube. Em campo, o zagueiro Robert Arboleda assegura que também tem sofrido como os torcedores, mas promete: o Tricolor não cairá.

"Entristece muito esse momento. Eu e meus companheiros não queremos isso e estamos seguros de que não cairemos. Com os jogos que virão, passaremos esse mau momento e tiraremos esse sabor amargo da torcida. Entendo a decepção que a torcida pode ter conosco. Quando um time não ganha, a torcida fica brava e eu entendo. Mas peço que eles também entendam, porque sofremos demais. Eu mesmo defendi o clube por três jogos, mas sempre com muito coração. Sofro demais a cada derrota e sei que eles também, até choram pelo clube. Vamos deixar até a última gota de suor para quebrar esse jejum", projetou.

Arboleda foi comprado da Universidad Catolica do Equador e tem somente três partidas pelo São Paulo, todas como titular ao lado de Rodrigo Caio. Agora, terá a concorrência de Aderllan, emprestado pelo Valencia até o fim do próximo ano. Há ainda no elenco o garoto Militão, Douglas e o ídolo Lugano, concorrentes de um setor que sofreu sete gols desde a estreia do equatoriano.

"Não temos muito tempo para treinar e é uma defesa que ainda está se adaptando. Tivemos desatenções que nos custaram jogos importantes, mas o trabalho e o técnico vão melhorar isso. Nos últimos jogos, tivemos boa posse de bola e chegamos ao gol rival algumas vezes. Aderllan chega para ajudar a todos nós, não é um problema para mim. Por Lugano, tenho muito respeito profissional e me sinto feliz por estar ao lado de alguém tão grande, que dá conselhos e ajuda muito ao grupo no lado emocional. Espero passar muito tempo com ele", afirmou.

A quarta chance de Arboleda, que já tem um gol, mostrar serviço pelo Tricolor é nesta quarta-feira, às 21h45, contra o Vasco da Gama, no Morumbi. O único treino do grupo é na tarde desta terça, já que a segunda foi perdida pela viagem de volta de Chapecó, com trechos de ônibus e de avião: "O que aconteceu ontem não foi bom, mas isso não tira nossa responsabilidade como profissionais, do que estamos vivendo. Já descansamos, treinaremos hoje e estaremos 100% contra o Vasco".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos