Neymar no PSG? O que sabemos sobre o caso até o momento

Do UOL, em São Paulo

  • Kim Kyung-Hoon/Reuters

    Neymar tem proposta do Paris Saint-Germain, mas se reapresentou ao Barcelona dia 14

    Neymar tem proposta do Paris Saint-Germain, mas se reapresentou ao Barcelona dia 14

A emissora de televisão "Esporte Interativo" publicou, nesta terça-feira (18), que Neymar aceitou uma proposta para se transferir ao Paris Saint-Germain e que o Barcelona está ciente da decisão do jogador. O clube francês está disposto a pagar a multa rescisória de 222 milhões de euros (R$ 814 milhões) para tirar o brasileiro da Catalunha.

O UOL Esporte resume o que sabe sobre o caso até o momento. Confira:

Qual é a posição oficial do estafe de Neymar?

Quem cuida da carreira de Neymar não confirma nenhum tipo de acerto com o PSG. A reportagem apurou que representantes do atacante, inclusive, pediram ao clube espanhol nesta terça o cronograma de compromissos de imprensa e publicidade do camisa 11 no início da temporada. O jogador está confirmado no elenco que embarca nesta quarta-feira (19) para pré-temporada nos Estados Unidos.

Qual é a posição oficial do Barcelona?

O clube catalão afirma publicamente que desconhece qualquer negociação ou proposta do PSG por Neymar. A posição do Barça é passar a mensagem de que conta com o jogador para a temporada 2017/18. O vice-presidente do clube, Jordi Mestre, disse ter "200% de certeza" de que o brasileiro não deixará a equipe nesta janela de transferências.

Como está a situação de Neymar no Barcelona?

Ao renovar no ano passado o contrato com o Barcelona até 2021, Neymar teve o salário triplicado para cerca de 16 milhões de euros (R$ 58,5 milhões), e abriu mão de bonificações por metas alcançadas comuns em contratos caros, como artilharia, título de melhor do mundo, e convocação para a seleção brasileira. O salário do brasileiro, porém, não é o maior do elenco: esse posto é de Lionel Messi, que também renovou recentemente com o clube.

Esportivamente, Neymar sempre se disse feliz em jogar pelo Barcelona e está muito bem ambientado ao clube e à cidade. Em 186 jogos pelo time, ele soma 105 gols (atrás de Messi e Suárez) e 59 assistências (atrás somente de Messi).

Quais são os detalhes da proposta do PSG?

A proposta de cinco anos do time francês é a mesma que já foi feita a Neymar no ano passado: pagamento da multa rescisória de 222 milhões de euros e um salário que, com a ativação de gatilhos que dependem de metas de desempenho e premiações, pode chegar à casa dos 40 milhões de euros por ano. A ideia do PSG é faturar alto em projetos de marketing usando a imagem de Neymar, repassando a maior parte ao atleta.

Neymar seria garoto-propaganda de projetos sociais que o clube tem pelo mundo junto com empresas. Ele atuaria também para patrocinadores atuais e para ajudar a buscar novas empresas dispostas a injetar dinheiro no PSG. O time pertence a um grupo do Qatar, o Qatar Sports Investment, que tem interesse também em promover a Copa do Mundo de 2022

Onde estão Neymar, Neymar pai e Wagner Ribeiro?

Neymar voltou das férias e se reapresentou ao Barcelona na última sexta-feira (14), quando passou por testes físicos antes da pré-temporada. O jogador ganhou uma folga depois disso e dividiu seu tempo entre a ilha espanhola de Ibiza e a praia de Formentera, na companhia de seu pai e de amigos. Nesta quarta (19), embarca para os Estados Unidos para disputar a pré-temporada.

Já Wagner Ribeiro, empresário que trabalha com o atacante, está no Brasil. A reportagem do UOL Esporte tentou contato com o agente, mas não obteve resposta até o momento.

Qual é a repercussão na imprensa internacional?

A possível ida de Neymar ao PSG é o principal assunto do grandes veículos da imprensa esportiva espanhola. Dos quatro principais jornais do país, três deles – "Marca", "As" e "Sport" – noticiaram o interesse do clube francês e a proposta de pagar a multa rescisória. Apenas o "Mundo Deportivo" (que, assim como o "Sport", é catalão) negou a chance do negócio se concretizar e cravou que Neymar fica no Barcelona.

Já na França, o jornal "L'Équipe" trata a negociação com ceticismo e diz que não é possível confirmar as informações, mas também não descarta que a chance de Neymar jogar no PSG exista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos