Artilheira marca, e Santos é campeão brasileiro feminino contra Corinthians

Do UOL, em São Paulo

  • Marcelo Pereira/ALLSPORTS

Em mais uma noite inspirada da artilheria Sole Jaimes, o Santos voltou a vencer o Corinthians e conquistou o Campeonato Brasileiro feminino de futebol. Na partida de volta da decisão, disputada nesta quinta-feira (18) na Arena Barueri, o time do litoral derrotou o rival por 1 a 0 e sagrou-se campeão com o placar agregado de 3 a 0 - a ida, na Vila Belmiro, foi 2 a 0 para as donas da casa.

A torcida corintiana compareceu em bom número ao estádio na região metropolitana da capital, empurrando o time da casa em uma blitz inicial. Nenê chegou a ficar cara a cara com a goleira Dani logo aos 2min, mas mandou sobre o gol.

No entanto foi o Santos que inaugurou o placar aos 17min, com a argentina Sole Jaimes, autora de um dos gols na partida de ida. Na primeira chance criada pelo Santos, o time visitante largou na frente com a centroavante, que encobriu a goleira Lelê com uma cabeçada após cruzamento de Maria e se isolou na artilharia com 18 gols na competição.

Na frente no marcador, o time do litoral manteve a postura conservadora, deixando que o rival buscasse o resultado – por causa do gol fora de casa, o Corinthians precisaria virar o confronto para 4 a 1. Apesar das tentativas corintianas, a goleira Dani mal teve que trabalhar, e o Santos foi para o intervalo com uma mão na taça.

Sole Jaimes abre o placar na Arena Barueri

O panorama da partida seguiu semelhante no segundo tempo, porém com mais chances para as santistas. No tudo ou nada, o Corinthians deixou espaço para contragolpes das rivais, que quase ampliaram em uma jogada individual de Sochor.

A melhor oportunidade do Corinthians empatar ocorreu aos 28min, quando a goleira Dani usou a trave para evitar que a bola cruzasse completamente a linha do gol. O lance gerou reclamações das corintianas, que viram a bola ultrapassar a linha – o replay não ajudou a responder a dúvida.

Santos e Corinthians chegaram à decisão com um retrospecto semelhante na competição: total de 15 vitórias para os dois times, embora a equipe paulistana tivesse uma derrota a mais. Além disso, os dois clubes chegaram com defesas sólidas: Santos tinha 13 gols sofridos, contra 12 do Corinthians (que se tornaram 13 ao final do jogo).

Outra briga paralela era pela artilharia. A corintiana Byanca Brasil chegou à decisão com 15 gols, dois atrás de Sole Jaimes, que ampliou a vantagem na artilharia com o gol de cabeça marcado.

A decisão desta quinta-feira contou com a presença de cinco jogadoras recém-convocadas à seleção brasileira pela técnica Emily Lima. Do Santos, foram chamadas a goleira Dani Nehaus, a lateral Maurine e a meio-campista Maria. Por parte do Corinthians, as escolhidas por Emily foram a laterla Jucinara e a meio-campista Gabi Nunes. Elas integram o elenco que disputará o Torneio das Nações nos Estados Unidos, que ocorrerá entre 27 de julho e 3 de agosto. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos