Atlético-MG e Fred são absolvidos pelo STJD após denúncias na C. do Brasil

Do UOL, em São Paulo

  • André Yanckous/AGIF

    Fred foi expulso contra o Botafogo e escapou de punição maior no Tribunal

    Fred foi expulso contra o Botafogo e escapou de punição maior no Tribunal

O Atlético-MG e Fred foram absolvidos nesta quinta-feira no Superior Tribunal de Justiça Desportiva. O clube e o atacante haviam sido denunciados após ocorrências no jogo vencido pelo time mineiro contra o Botafogo, 1 a 0, em 29 de junho, pela Copa do Brasil.

Na súmula desta partida, o Atlético-MG foi responsabilizado por causa de um torcedor que arremessou de cerveja ao campo. Já Fred tinha sido enquadrado por jogada violenta (foi expulso na partida). Mas a 5ª Comissão Disciplinar isentou o atleta e o clube.

Em defesa do clube mineiro, o advogado Renato Brito sustentou. "Contra o clube, de fato o Atlético conseguiu comprovar prevenção e repressão. Prevenção na conduta com a torcida e trabalhos realizados e na repressão com a identificação. Ao Fred em regra acho que dois amarelos seria caso de absolvição. No caso específico, duas condutas de jogo e típicas de um atacante que não sabe marcar", disse Brito ao site do STJD.

O técnico Roger, demitido nesta quinta, foi advertido pelo STJD por desrespeitar o árbitro.

"Ao Fred, apesar de ser um lance comum e de menor violência, foi imprudente e aplico um jogo. Quanto ao Roger não houve ofensa e as palavras foram de menor expressão. Aplico advertência ao treinador", disse o relator do processo, Eduardo Mello.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos