Edimar celebra fim de 'dias difíceis' no SP, mas ganha novo concorrente

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo (SP)

A vitória sobre o Vasco da Gama por 1 a 0 marcou o fim de um jejum de nove partidas sem triunfos do São Paulo, mas também representou o começo da trajetória de Edimar pelo Tricolor. Contratado na última semana de março, o lateral-esquerdo só estreou na última quarta-feira e agora conta com uma sequência dada pelo técnico Dorival Júnior para mostrar serviço.

"Edimar vinha trabalhando muito bem, mostrando seriedade, consistência em treinamentos. Trabalhamos muito mais quem não jogou. A garotada que estava fora chamou mais a atenção e ele teve a oportunidade. É uma briga constante e direta, o Júinior (Tavares) não está descartado, está novamente buscando uma nova condição. Ele passa a criar uma nova situação para voltar com mais consistência", explicou o treinador.

Júnior fez 48 dos 51 jogos do São Paulo no ano e é o líder de assistências da equipe, com sete passes para gols. Erros defensivos seguidos nas últimas rodadas, porém, fizeram Dorival apostar em Edimar, um lateral mais defensivo. "A palavra é felicidade. Estávamos há 40 dias sem vencer e essa pressão gera muita dificuldade. A vitória será um divisor de águas. Foi uma estreia boa. Não podia arriscar muito, subir para o ataque, porque já eram quatro meses sem jogar, mas pude atuar bem", exaltou o ala.

Coincidentemente, quando Edimar está cotado para ganhar uma sequência, o São Paulo ficou muito perto de contratar um lateral-esquerdo novo. Dodô, revelado pelo Corinthians, deve ser comprado por R$ 9 milhões da Sampdoria. O defensor pode ser anunciado ainda nesta quinta-feira. "Foram dias difíceis. Cheguei com a expectativa de jogar e não aconteceu. Agradeço o apoio dos companheiros", declarou Edimar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos