Alan Ruschel pode voltar a jogar pela Chape na próxima terça

Daniel Fasolin

Do UOL, em Chapecó

  • Sirli Freitas/Chapecoense

Após confirmar que Neto não voltará aos gramados em 2017, a Chapecoense prepara a volta de Alan Ruschel aos gramados. Segundo fontes ligadas ao clube, o lateral pode retornar seu lugar no time na próxima terça (25), pela Copa Sul-Americana.

Caso não ocorra já na próxima semana, a vontade de Alan Ruschel é retornar domingo (30), quando a Chapecoense enfrentará o Atlético-GO pelo Brasileirão em Chapecó. Isso porque o jogador gostaria de voltar aos gramados atuando na Arena Condá, ao lado dos torcedores do time. A confirmação do desejo do atleta dependerá da comissão técnica do clube. 

Neto e Alan são sobreviventes da tragédia que matou 71 pessoas com o avião da Chapecoense em novembro de 2016, quando a equipe seguida para Medellín (Colômbia). 

Fisiologistas e comissão técnica, assim como todo o departamento médico do clube, acreditam que o lateral está completamente recuperado e pronto para participar de um jogo de forma competitiva. Tecnicamente o jogador apresentou uma melhora significativa nos últimos dias, o que o credencia a brigar por uma vaga no time time de Vinicius Eutrópio.

"O clube tem um cronograma comigo e estamos seguindo a risca isso. As coisas estão dando certo. Ainda não sabemos em qual jogo será, temos que conversar ainda sobre isso. Assim que o Vinicius voltar nós vamos conversar. Mas eu já estou pronto para jogar", comentou Alan.

Alan tem passado por diversos tipos de testes de resistência e também fisiológicos para que sua volta aos gramados seja da forma mais segura e para que não corra risco de novas lesões.

Desde que foi liberado pelo departamento médico e ficou clinicamente curado, Alan intensificou os treinamentos e mesmo com mais cuidados dos companheiros voltou às atividades normais com o elenco, sem restrições físicas ou clínicas.

"Claro que há ansiedade para a volta. Ver meus companheiros jogando faz com que eu queira voltar o quanto antes. Mas como sempre falei, eu preciso respeitar o meu corpo e todo o processo de recuperação. Estou cada dia melhor e agradeço a todos que fizeram e fazem parte da minha recuperação", disse.  

Alan admite que sua preferência é voltar a jogar em Chapecó, ao lado da torcida. A Chapecoense, no entanto, havia programado sua volta para o jogo contra o Barcelona, no dia 7 de agosto na Espanha.

"O pessoal está preparando minha volta para Barcelona, mas deixei claro para a diretoria que minha vontade é voltar a jogar em Chapecó. Povo daqui torceu muito e orou muito por mim. Seria mais justo aqui, pois a torcida e a comunidade merece", explicou.

"A Chapecoense está me ajudando muito, deixando as portas abertas para eu poder me recuperar. Tenho um carinho muito grande por todos aqui. Muita coisa passa pela minha cabeça, lembro de tudo o que aconteceu e agradeço todos os dias por estar aqui, mas tenho que continuar".

Nos bastidores, a Chapecoense também está se preparando para a volta de Alan. Segundo alguns dirigentes, há a possibilidade de o clube conseguir um patrocínio pontual para o jogo que marcará o retorno do atleta. A diretoria não confirma o nome e nem em qual é o andamento da negociação, já que o clube também negocia um novo patrocinador para a parte de trás da camisa.

A Chapecoense enfrenta o Defensa y Justicia na próxima terça pela Copa Sul Americana e no próximo domingo encara o Atlético-GO pela décima sétima rodada do Brasileirão. Se a diretoria e comissão técnica aceitarem o pedido de Alan, será em uma dessas duas partidas que ele retornará de forma oficial ao futebol.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos