Com um gol de Willian, Chelsea domina o Arsenal e vence amistoso na China

Do UOL, em São Paulo

Em amistoso disputado na China, o Chelsea dominou o Arsenal e derrotou o arquirrival por 3 a 0. O brasileiro Willian e o belga Batshuayi, duas vezes, anotaram os gols do triunfo da equipe comandada pelo técnico Antonio Conte.

O Chelsea esteve bem melhor na partida. Criou as melhores chances, sobretudo no primeiro tempo, e só não venceu por mais gols porque o goleiro Ospina fez ao menos três boas defesas.

Conte ainda não pôde contar com o atacante Alvaro Morata, que foi contratado recentemente. Já o técnico Arsène Wenger escalou o atacante francês Alexandre Lacazette, principal reforço do clube para a próxima temporada até aqui, entre os titulares.

Jason Lee/Reuters
Batshuayi (dir.) comemora com Willian o segundo gol do Chelsea

O destaque

Batshuayi foi o grande nome da partida ao marcar dois belos gols. No primeiro, anotado na primeira etapa, ele chutou colocado no canto direito de Ospina. No segundo, depois do intervalo, ele recebeu um passe de Alonso, que deixou Oxlade-Chamberlain no chão ao dar um corte na esquerda, e, na entrada da área, chutou forte para as redes.

Concussão

Aos 28 minutos do primeiro tempo, Conte foi obrigado a fazer uma substituição: tirou Pedro para colocar Jeremie Boga. O espanhol teve que sair de campo depois de se chocar com Ospina, que tentou afastar uma bola na área, mas acertou o rosto do jogador com a mão. Pedro deixou o campo com sangue no nariz e abaixo da orelha. Depois da partida, Conte disse que o jogador sofreu uma concussão cerebral e foi hospitalizado para passar por exames e receber tratamento.

Desorganização

O Arsenal mostrou que tem muito o que melhorar. Desorganizado, o time ofereceu muitos espaços ao rival na sua defesa e criou muito pouco no ataque. Quase não conseguia ter a posse de bola. E quando a tinha, não sabia o que fazer. Nem a entrada do atacante Olivier Giroud, no intervalo, foi capaz de oferecer grande perigo ao adversário.

Experiências

Wenger montou um time misto de titulares e reservas e fez algumas experiências, como, por exemplo, colocar Monreal na sua defesa composta por três zagueiros. Não deu certo. O lateral foi facilmente superado pelo veloz ataque do Chelsea.

A base do campeão inglês

Conte mandou a campo o que tinha de melhor disponível. Só não podia contar com Morata, Diego Costa, que está de saída do clube, e Hazard, que está recuperando a sua forma física. David Luiz foi titular, assim como Willian. O meia abriu o placar com um belo chute colocado.

Pode jogar ou não?

O segundo tempo da partida demorou um pouco para começar por causa de uma confusão fora das quatro linhas. Giroud estava pronto para entrar em campo, mas, segundo o site do jornal "The Guardian", ele não estava relacionado para o jogo. Desse modo, o quarto árbitro não queria autorizar a substituição. Depois de um tempo (e de uma certa irritação de Wenger), o francês finalmente pôde entrar na partida.

Tem mais

Arsenal e Chelsea voltam a se enfrentar no dia 6 de agosto. E dessa vez é para valer. Os times vão se encarar na Supercopa da Inglaterra. Depois, se preparam para estrear no Campeonato Inglês. Na primeira rodada, o Arsenal pega o Leicester, no dia 11, enquanto o Chelsea joga contra o Burnley, no dia 12.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos