Ficar fora de jogo da Champions foi "gota d'água" na Juventus, diz Bonucci

Do UOL, em São Paulo

  • Bonnucci diz que não se sente mercenário

    Bonnucci diz que não se sente mercenário

Oficializado pelo Milan na última sexta-feira (21), Leonardo Bonucci deixou a Juventus para jogar pelo rival e muitos especularam qual seria o motivo. O atleta disse que foi uma questão profissional e que não é um traidor.

"Eu queria novos estímulos. Quando a última temporada foi chegando ao fim, eu percebi que a relação entre clube e eu não era tão forte e decidi parar. Eu não me sinto nenhum tipo de traidor ou mercenário", falou Bonucci em entrevista ao jornal italiano "La Gazzetta dello Sport".

O defensor falou também sobre os problemas extracampo com o técnico da Juventus, Massimiliano Allegri. Bonucci chegou a ficar fora do jogo de ida contra o Porto, no Estádio do Dragão, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

"As pessoas pensam que esse caso foi o que deu início ao conflito, mas a verdade é que isso foi apenas a gota d'água. Antes já tinha acontecido outras situações".

O Milan desembolsou 42 milhões de euros (R$ 153,3 milhões) em três parcelas para contar com o jogador. De acordo com o jornal "Corriere dello Sport", o zagueiro ganhará um salário de 6,5 milhões de euros (R$ 23,8 milhões) por temporada.

A troca de clube era um desejo do próprio Bonucci. De acordo com a "Gazzetta dello Sport", Bonucci havia dito que aceitaria de bom grado a ida para o Milan. Diante do desejo do jogador, a Juventus não se opôs à venda, contanto que os 40 milhões de euros fossem pagos à vista.

Leonardo Bonucci é hexacampeão italiano com a Juventus e participou dos dois vice-campeonatos recentes da equipe na Liga dos Campeões. Apesar da história com o time alvinegro, o zagueiro foi revelado pela Inter de Milão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos