Após briga na Arena PE, torcedores de Palmeiras e Sport são liberados

Roberto Oliveira

Colaboração para o UOL, em Recife

  • Divulgação/Arena Pernambuco

    Ao todo, 54 torcedores de Palmeiras, Sport e até Santa Cruz foram detidos na Arena PE

    Ao todo, 54 torcedores de Palmeiras, Sport e até Santa Cruz foram detidos na Arena PE

Depois de protagonizarem um confronto na saída do jogo entre Sport e Palmeiras na Arena Pernambuco, no domingo (24), pelo Brasileirão, 54 torcedores foram liberados no Recife. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação da Polícia Civil do estado.

A grande maioria, 52 torcedores, foi detida e liberada após assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Enquadrados no artigo 41B do Estatuto do Torcedor - "promover tumulto, praticar ou incentivar a violência", considerado crime de menor potencial ofensivo -, eles foram soltos mediante o compromisso de se apresentar em audiência quando solicitados pela Justiça.

Os dois torcedores restantes eram menores e, portanto, não poderiam assinar um TCO. Eles foram enquadrados em crime semelhante, e liberados após assinar um Boletim de Ocorrência Circunstanciado, também se comprometendo a comparecer às instâncias judiciais quando intimados.

Segundo apurou o UOL Esporte, do total de 54 torcedores, apenas quatro eram do Sport, mas também havia torcedores do rival Santa Cruz envolvidos na confusão. Eles estavam misturados com os palmeirenses, vestidos com o uniforme da principal torcida organizada no Palmeiras.

Vale lembrar que, na semana passada, no clássico entre Náutico e Santa pela Série B, torcedores do Sport também haviam sido detidos em meio à confusão com tricolores. Além disso, no início do mês, um torcedor já havia sido morto após briga entre tricolores e rubro-negros numa estação de metrô no centro do Recife. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos