Ceni presta homenagem a Waldir Peres: "Ídolos são para sempre"

Do UOL, em São Paulo

  • Arquivo Histórico SPFC

    Ceni exaltou as qualidades do companheiro de posição

    Ceni exaltou as qualidades do companheiro de posição

Rogério Ceni publicou, em suas redes sociais, uma homenagem ao goleiro Waldir Peres, que morreu no último domingo (24). O agora técnico exaltou as qualidades do companheiro de posição.

"Waldir Peres, meu respeito e carinho por aquele que defendeu por uma década a meta são-paulina. Ídolos são para sempre, 617 jogos com a camisa tricolor, uma lenda", escreveu Rogério Ceni na legenda de uma foto ao lado do ex-goleiro.

O São Paulo se despediu de um de seus maiores ídolos na história no último domingo. Morreu, em Mogi Mirim, o ex-goleiro Waldir Peres, campeão brasileiro em 1977. O arqueiro foi vítima de um infarto fulminante logo após o almoço, quando seguia para uma festa de aniversário. Waldir tinha 66 anos e não apresentava nenhum problema de saúde.

Waldir Peres é o segundo jogador que mais defendeu o São Paulo, com 617 partidas disputadas entre 3 de novembro de 1973 e 26 de maio de 1984. O recorde foi quebrado por Rogério Ceni em 2005. No Tricolor, foi tricampeão do Campeonato Paulista (1975, 1980 e 1981) e do Brasileirão de 1977, sendo herói na disputa de pênaltis contra o Atlético-MG. Natural de Garça, no interior paulista, ele completou 66 anos em 2 de janeiro.
Pela seleção brasileira, foi convocado para as Copas do Mundo de 1974, 1978 e 1982, sendo a última como titular do esquadrão de Telê Santana.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos