"Quem não quiser, não vai jogar no Vasco", diz Eurico sobre Nenê

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Bruno Braz / UOL Esporte

    Nenê perdeu o prazo para apresentar proposta ao Vasco, segundo Eurico

    Nenê perdeu o prazo para apresentar proposta ao Vasco, segundo Eurico

Embora o motivo da entrevista coletiva desta segunda-feira tenha sido a apresentação do zagueiro Anderson Martins, o presidente do Vasco, Eurico Miranda, também reservou parte do tempo para falar sobre outros assuntos. E como não poderia deixar de ser, Nenê entrou em pauta. Num recado claro e direto, o dirigente ressaltou que jogadores insatisfeitos não atuarão no clube.

"Quem não quiser jogar no Vasco não vai jogar no Vasco. Isso é para definir bem. Quem quer jogar meia-bomba, ter isso, aquilo, com certeza não vai jogar no Vasco", declarou.

Segundo Eurico, o prazo para Nenê apresentar uma proposta oficial ao Vasco se encerrou no último sábado (22), ressaltando que, como isto não aconteceu, ele precisa cumprir suas obrigações profissionais. 

"Ele pediu para não jogar, que teria proposta e eu falei que era tranquilo. Se a proposta vier, não há problema nenhum. Se não aparecer, é um jogador sob contrato e tem que estar a disposição do treinador. Se ele (Milton Mendes) achar que tem escalar, escala, se não quiser, não escala. E ele (Nenê) tem que cumprir o contrato. Até agora não me comunicaram nada oficialmente. Proposta não veio", disse.

Na semana passada, Nenê procurou a diretoria e manifestou o desejo de deixar o clube por ter propostas, solicitando, inclusive, que ficasse de fora da partida contra o São Paulo. O Vasco, então, estipulou sábado como limite para a apresentação da oferta oficial, fato que não aconteceu.

Não está descartado que clube e meia cheguem a uma rescisão amigável, mas somente se o atleta pedir, algo que também ainda não ocorreu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos