Novo reforço do Santos quer "entrar na linha" após polêmicas em Fla e Ponte

Marcelo De Vico e Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ivan Storti/Santos FC

    Volante Matheus Jesus ficará por empréstimo no Santos até o fim de 2018

    Volante Matheus Jesus ficará por empréstimo no Santos até o fim de 2018

Novo reforço do Santos, Matheus Jesus, chegou ao clube com status de substituto de Thiago Maia, campeão olímpico negociado com o Lille, da França. Talentoso, o volante foi revelado nas categorias de base do Flamengo e se destacou para o futebol na Ponte Preta. A cúpula santista, no entanto, está mais preocupada em lapidar o jogador fora de campo.

Aos 20 anos de idade, Matheus Jesus carrega no currículo indisciplinas extracampo no Fla e na Macaca. Há quem diga que o jovem só não emplacou ainda no futebol por causa de mau comportamento fora das quatro linhas. Após se destacar na Ponte, o volante colecionou convocações para a seleção brasileira de base. 

Na Ponte Preta, Matheus Jesus foi promovido aos profissionais em maio de 2016 pelo técnico Eduardo Baptista e logo começou a despontar. Foi às redes já em sua segunda partida com a camisa alvinegra, em jogo contra o Genus, pela Copa do Brasil. Virou titular e participou de 24 partidas do Campeonato Brasileiro. Iniciou 2017 também como um dos destaques da Ponte, mas, aos poucos, foi deixando a sua vida fora de campo atrapalhar o lado profissional.

Em maio deste ano, foi afastado por 'questões disciplinares'. O clube alvinegro não confirma oficialmente, mas Matheus Jesus foi flagrado bebendo em casas noturnas por torcedores e alguns vídeos chegaram até a diretoria. Somado a isso, o meio-campista ficou um tempo parado por conta de uma cirurgia na mão e foi, cada vez mais, perdendo espaço dentro do elenco. A última partida dele foi em 21 de março, no empate por 3 a 3 contra o Santo André, pelo Paulista.

O comportamento do jogador fez com que a Ponte Preta buscasse um clube no exterior para ele e, por isso, o negociou com o Estoril, de Portugal. Matheus Jesus reconhece que a indisciplina fora de campo o atrapalhou no Flamengo, porém criticou a postura da Ponte Preta sobre possíveis noitadas em Campinas.

"O engraçado é que eu estava falando com meu pai. Caramba, onde ele me viu tanto na balada? Falaram que eu vivia na noite de Campinas e eu morava em Indaiatuba. Fiquei chateado porque não é algo que eu faço. Tive problemas no Flamengo e se aproveitaram um pouco para tentar me atrapalhar. Fico triste porque é um clube que eu gosto, que me lançou no futebol", afirmou Matheus Jesus.

"Acho que posso dizer que foi um erro (indisciplina). Tive assim, como posso dizer... pouca experiência, poucas pessoas para me ajudar ao meu redor. Isso pesou bastante. Por estar em um clube grande e com status, isso me atrapalhou um pouco naquela época", disse, referindo-se ao período em que passou pela base do Flamengo. 

Dentro de campo, diretoria e comissão técnica receberam ótimas referências de Matheus Jesus. O volante se destaca por chutes fortes de fora área e possui força física para jogar verticalmente, apoiando o ataque, como fazia Thiago Maia. Considerado um típico segundo volante, ele também é bastante marcador e pode atuar na frente da zaga, melhorando a saída de bola do time.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos