Diretor do SP reforça: não procurou o Corinthians pelo goleiro Walter

Bruno Grossi e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Mauro Horita/Estadão Conteúdo

    Walter é o reserva imediato de Cássio no Corinthians

    Walter é o reserva imediato de Cássio no Corinthians

Logo após apresentar Hernanes no CT da Barra Funda, na tarde desta terça-feira, o diretor-executivo de futebol do São Paulo, Vinicius Pinotti, voltou a falar sobre o goleiro Walter. O dirigente mais uma vez assegurou que não fez nenhuma consulta a nenhum membro da diretoria do Corinthians para comprar o reserva de Cássio.

"É preciso entender uma coisa. Não há interesse. Quando temos interesse, fazemos sempre o contato com o clube que detém os direitos do jogador. E não fizemos. Isso serve para todos esses casos que estão citando", afirmou o cartola tricolor, que ainda se refere às notícias envolvendo o lateral-direito Marcos Rocha e o atacante Eduardo Sasha.

Apesar de mais uma negativa à versão do Corinthians de que formalizou uma proposta por Walter, o Tricolor admite que, nos bastidores, empresários ofereceram o goleiro e garantiram que poderiam tornar o negócio viável. A resposta, segundo o clube do Morumbi, foi sempre de que a posição não era prioridade, já que há confiança no trabalho de Renan Ribeiro.

O elenco são-paulino ainda conta com Sidão, Denis e Lucas Perri como goleiros. O segundo tem contrato somente até dezembro e não deve renovar. Já Renan, com vínculo até maio de 2018, já fica livre para assinar pré-contrato de graça com outras equipes se não renovar antes do fim deste ano.

No Corinthians, que refutou qualquer chance de negociar com o Tricolor, Walter deve ter o vínculo renovado e aumento salarial.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos