Diretor do Flu vê Wellington 100% e diz que Bordeaux foi "pouco gentil"

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Lucas Merçon/Fluminense

    Wellington Silva será reincorporado ao grupo principal do Fluminense

    Wellington Silva será reincorporado ao grupo principal do Fluminense

A desistência do Bordeaux em contratar Wellington Silva causou rebuliço nas Laranjeiras e entre os torcedores tricolores. Por um lado, o Flu viu cerca de R$ 13 milhões irem por água abaixo, mas a volta de um dos principais jogadores também foi um motivo para comemorar. 

Sob o ponto de vista estritamente médico, houve questionamento ao procedimento dos franceses, que não foi considerado o mais adequado. Para Michel Simoni, diretor de Saúde do Tricolor, faltou tato para o Bordeaux, que expôs o jogador com a sua recusa pública em finalizar o acerto.

"O comprador está no direito dele de não querer finalizar a negociação, mas foi uma maneira de agir não muito elegante, poderiam ter sido mais gentis na condução. Eles poderiam ter feito toda a análise primeiro para depois anunciarem", opinou Simoni.

O profissional afirma que Wellington Silva está totalmente livre das dores no púbis e disse que o camisa 11 já estará em campo nesta quarta-feira. Como o time está em Quito, o jogador fará um trabalho em um dos campos do centro de treinamento do Flu.

O problema no púbis tirou Wellington de combate por cerca de um mês este ano, mas estas dores já perseguiram o atleta durante sua passagem pelo Arsenal. Pelo risco envolvido no negócio, o histórico foi definitivo para que houvesse a desistência. Wellington chegou à França no fim de semana e assinaria contrato de quatro anos com o Bordeaux. 

"Ele pode sentir essa dor ou nunca mais sentir, mas ele está em totais condições de jogo. Wellington tem 24 anos e a resposta dele será em campo. Cabe ao Fluminense receber o jogador de volta e o Abel pode escalar quando bem entender. O clube bancará o tempo todo que ele está pronto", disse.

Longe da questão envolvendo o atacante, o Tricolor tem uma missão importante nesta quarta, às 19h15, no Estádio Atahualpa, local do duelo contra a Universidad de Quito, pela Copa Sul-Americana.

Como venceu por 4 a 0 no Maracanã, o Flu joga na capital equatoriana com uma margem muito grande de vantagem e só um desastre faz com que o time não regresse com a vaga na próxima fase. Por precaução, Abel não conta com Gustavo Scarpa, Lucas e Renato.

"É complicado jogar na altitude [Quito fica a 2.800 metros acima do nível do mar], mas temos uma boa vantagem. Independentemente de quem jogar, nós temos de buscar a classificação", ressaltou Henrique Dourado.

FICHA TÉCNICA
UNIVERSIDAD DE QUITO X FLUMINENSE

Local: Atahualpa, em Quito (EQU)
Data: 26 de julho de 2017
Hora: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Dario Herrera (ARG)
Assistentes: Ezequiel Brailovsky e Ivan Nuñez (ARG)

Universidad 
Ángel Mosquera, Andrés López, Jonathan Carabalí, Ronaldo Oñate, Wilmer Meneses e Gastón Gil Romero; Wilmer Godoy, Hamilton Prado e Renato Ibarra; Matías Defederico e John Jairo Cifuente. Técnico: Gustavo Díaz.

Fluminense
Júlio César, Mateus Norton, Henrique, Frazan e Léo; Marlon Freitas, Orejuela e Wendel; Calazans, Richarlison e Henrique Dourado.
Técnico: Abel Braga.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos