Liga espanhola vai denunciar PSG à Uefa por ferir fair play financeiro

Do UOL, em São Paulo

  • Francois Mori/AP Photo

    O dono do PSG, o bilionário Nasser Al-Khelaifi

    O dono do PSG, o bilionário Nasser Al-Khelaifi

O presidente da liga espanhola de futebol, Javier Tebas, afirmou em entrevista ao jornal Mundo Deportivo que vai apresentar uma denúncia à Uefa contra o Paris Saint-Germain por ferir as normas do fair play financeiro da entidade, segundo as quais os clubes não podem gastar muito mais do que arrecadam.

O dirigente afirmou que a denúncia não tem ligação direta com a possível contratação de Neymar pelo PSG, mas sim com "todo o futebol espanhol". O time parisiense, cujo dono é o bilionário qatariano Nasser Al-Khelaifi, pode transformar o brasileiro no jogador mais caro da história.

"Vamos denunciar na Uefa e, se nada acontecer, vamos levar o caso a tribunais suíços e de Bruxelas. Não descartamos também os próprios tribunais da França e da Espanha. Vamos apresentar essa denúncia de forma imediata", disse Tebas.

"Não [é por causa de Neymar], é por tudo que sai na imprensa, e porque estava previsto fazer isso. Se não fizemos antes, foi porque primeiro queria falar do problema no entorno da Uefa, e assim eu disse ao presidente [Aleksandr] Ceferin, mas não deu tempo. O que eu leio me preocupa, e a liga espanhola não pode ficar de braços cruzados. Não é um assunto do Barça, é um assunto do futebol espanhol. Hoje é o Barça, amanhã pode ser o Real Madrid, o Atlético ou outro", completou.

O Barcelona também pretende denunciar o PSG.

Tebas declarou ainda que o Barcelona não tem parte na denúncia e que a iniciativa é totalmente da liga espanhola. "Há dois meses, recebi o presidente do PSG e disse a ele o que íamos fazer, e por quais motivos. Ele se irritou comigo e me disse que não entendia. A liga deve defender nossos clubes diante dessas situações", afirmou.

Até o momento, Neymar não se pronunciou oficialmente sobre a possível saída para o PSG. Nesta sexta-feira (28), colegas de Barça como Suárez e Iniesta pediram que a situação seja resolvida o quanto antes com uma definição sobre o brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos