Morre o filho do técnico Abel Braga; jogo do Fluminense é adiado

Bruno Braz, Leo Burlá e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

João Pedro Braga, filho de Abel, técnico do Fluminense, morreu na manhã deste sábado. O rapaz de 19 anos caiu da janela do apartamento da família, no Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro.

Segundo relatos da família, João se sentiu mal quando preparava-se para tomar banho e acabou caindo do local - que tem uma janela considerada baixa. A Polícia realizou uma perícia no local, mas não divulgou resultados e detalhes oficiais. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal, no Centro do Rio de Janeiro.

A pedido dos familiares, o velório, que será realizado na noite deste sábado no Salão Nobre das Laranjeiras, será um momento íntimo para os mais próximos. Não será permitida a entrada da imprensa e nem de torcedores ao clube.

O treinador comandava uma atividade no CT do clube quando foi informado da tragédia. A delegação nem seguiu para Campinas, local da partida contra a Ponte, domingo, às 16h.

Tão logo soube da tragédia, o Fluminense entrou em contato com a Ponte Preta e fez uma solicitação de adiamento da partida junto à CBF, que prontamente acatou o pedido. O jogo será remarcado para o dia 9 de agosto (quarta-feira).

Assim, o confronto diante do Atlético-GO, marcado inicialmente para o dia 7 (segunda-feira) será antecipado para o final de semana, sendo disputado no dia 5 ou 6 (sábado ou domingo) do próximo mês – respeitando o intervalo mínimo entre dois compromissos.

Após o acidente com o filho de Abel, representantes da diretoria começaram a chegar ao apartamento da família. O presidente Pedro Abad e integrantes da comissão técnica e pessoas próximas prestaram solidariedade ao treinador. Coube ao diretor médico do Tricolor, Michael Simoni, cuidar das burocracias referentes ao corpo de João, que já foi levado para o Instituto Médico Legal.

A ideia da família é que o enterro ocorra na manhã deste domingo (30), no Cemitério Memorial do Carmo, no Caju, zona portuária do Rio de Janeiro.
 
Em nota oficial, "o Fluminense Football Club, seu presidente, vice-presidentes, diretores e funcionários prestam suas condolências e manifestam sua solidariedade ao técnico Abel Braga e sua família neste momento de tristeza pela morte de seu filho João Pedro". O clube decretou luto oficial de três dias.

Clubes se solidarizam com a família de Abel:

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos