Barcelona apaga Neymar no Camp Nou e amplia espaço de Messi em loja

João Henrique Marques

Do UOL, em Barcelona

De Neymar não há mais nada. Uma foto, camisa, chaveiro, a busca por algo relacionado ao atacante brasileiro no Camp Nou, em Barcelona, resulta em fracasso. O clube já tratou de apagar as imagens no estádio e esvaziar cabides e prateleiras da loja.

Na maior loja oficial do clube na cidade, a solução encontrada pelo Barcelona foi ampliar o espaço de Lionel Messi. A camisa 10 do jogador agora ocupa os espaços antes destinados a Neymar. A 9 de Luis Suárez também tem grande oferta.

João Henrique Marques/UOL

O que também chama a atenção é a camisa 21 de André Gomes ocupando o espaço destinado ao manequim de Neymar ao lado de Messi e Suárez.

Já na área infantil, em que Neymar também tinha enorme espaço, a busca pela camisa 11 resulta em sucesso. A questão, no caso, é de que o nome do jogador não está mais na parte traseira do uniforme.

Bonecos de Neymar, flâmulas, canecas, pôsteres, postais, todos os produtos estão estocados por ordem do Barcelona, como relatou um funcionário da loja ao UOL Esporte.

No estádio

Os grandes banners do Camp Nou com as imagens de Neymar também já foram trocados. No cartaz que traz o anúncio do jogo contra a Chapecoense, a escolha do clube foi substituir a imagem do brasileiro pela do croata Ivan Rakitic. Já na foto principal do estádio, a figura de Neymar está apagada, sem substituto.

A exploração da imagem de Neymar pelo Barcelona era feita através de um pagamento de 4 milhões de euros (cerca de R$ 14,8 milhões) ao jogador em um contrato de cinco anos – o que equivale a ganho mensal de cerca de R$ 240 mil -. O contrato é imediatamente rompido assim que a cláusula de 222 milhões de multa sobre os direitos de Neymar for paga ao Barcelona.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos