Mata promete doar 1% do salário para ONG e espera mobilização no futebol

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Kirsty Wigglesworth

    Juan Mata comemora gol durante sua passagem pelo Chelsea

    Juan Mata comemora gol durante sua passagem pelo Chelsea

Por meio de texto publicado no site "Players Tribune", Juan Mata, meia espanhol do Manchester United, afirmou que passará a doar 1% de seu salário para instituição de caridade ligada ao futebol. O jogador pede que seus colegas de profissão façam o mesmo para aumentar a gama de oportunidades que o esporte proporciona.

"Começando hoje, estou disponibilizando 1% do seu salário para a Common Goal, fundo coletivo gerenciado pela premiada ONG streetfootballworld, que apoia caridades ligadas ao futebol pelo mundo. É um pequeno gesto que, se compartilhado, pode mudar o mundo", anunciou Mata.

"O foco de agora está em contribuições de jogadores, mas a meta a longo prazo é destravar 1% da renda de toda a indústria do futebol para instituições caridosas que fortalecem suas comunidades por meio do esporte", completou.

Como inspiração para seu ato solidário, Mata citou o gol de empate marcado por Didier Drogba na final da Liga dos Campeões de 2012, vencida nos pênaltis pelo Chelsea contra o Bayern de Munique. O lance protagonizado pelo marfinense mostrou ao espanhol o alcance do futebol.

"Uma das primeiras lições que aprendi no futebol é que precisa de um time para alcançar seus sonhos", declarou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos