STF arquiva inquérito que investigava Andrés Sanchez por crime tributário

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • TV UOL

Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal, oficializou o arquivamento de um dos sete inquéritos em aberto para investigação do deputado federal e ex-presidente corintiano Andrés Sanchez. A decisão foi homologada na quinta-feira e confirmada pelo UOL Esporte após publicação no "Blog do Paulinho".

A conduta de Sanchez no inquérito 4276 foi investigada por possível crime contra a ordem tributária de sua ex-empresa Quiron Distribuidora de Embalagens. O deputado alega que não tinha mais vínculo com a Quiron a partir da abertura do processo, há um ano.

Além do 4276, Sanchez é alvo de outro inquérito que também envolve a possibilidade de crime tributário. Atualmente, esse processo está com a Procuradoria Geral da República, justamente que recomendou o arquivamento acolhido por Alexandre de Moraes na quinta-feira.

Sanchez, entre outros inquéritos, também é alvo de investigação ao lado de dirigentes corintianos pelo não pagamento de impostos durante seu mandato no Corinthians. No fim da gestão seguinte, de Mário Gobbi, o clube fez acordo para pagamento desses débitos.

Conforme publicou recentemente o UOL Esporte, o ex-presidente é favorito a se candidatar novamente ao comando do Corinthians com o fim da "quarentena" prevista em estatuto e que permitiria a ele concorrer ao cargo em fevereiro de 2018.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos