Bayern bate o Dortmund nos pênaltis e conquista a Supercopa da Alemanha

Do UOL, em São Paulo

Depois de um empate por 2 a 2 no tempo normal, o Bayern de Munique derrotou o Borussia Dortmund nos pênaltis, por 5 a 4, neste sábado (5), e conquistou o título da Supercopa da Alemanha pela sexta vez na história. O torneio que abre a temporada no país opõe o campeão do Campeonato Alemão (o Bayern) contra o vencedor da Copa da Alemanha (o Borussia).

O time de Munique calou o Signal Iduna Park, estádio do Dortmund, pelo segundo ano consecutivo. Em 2016, também pela Supercopa, a equipe comandada pelo técnico Carlo Ancelotti venceu por 2 a 0.

Com o triunfo deste sábado, o Bayern se torna isoladamente o maior campeão do torneio. Antes, dividia o trono com o próprio time de Dortmund, que ostenta cinco títulos da competição.

Pulisic e Aubameyang anotaram os gols para os mandantes, enquanto Lewandowski e Piszczek, contra, já no fim da partida, fizeram para os visitantes. Na disputa dos pênaltis, só Kimmich errou para o Bayern. Do outro lado, Rode e Bartra pararam no goleiro Ulreich.

Wolfgang Rattay/Reuters
Jogadores do Bayern de Munique comemoram o título da Supercopa da Alemanha

Que falha!

O Dortmund abriu o placar aos 11 minutos do primeiro tempo graças a uma falha do zagueiro Javi Martínez, que foi tentar sair jogando, mas perdeu a bola para Pulisic. O jogador do time da casa avançou e, cara a cara com Ulreich, tocou para as redes.

Com a confirmação do vídeo

O Bayern chegou ao empate aos 17 minutos, com Lewandowski. Em uma jogada rápida, Kimmich recebeu um lançamento pela direita e cruzou nos pés do polonês, que só teve o trabalho de empurrar a bola para redes. Após o lance, o árbitro acionou o assistente de vídeo para ver se Kimmich estava em impedimento. Depois de alguns segundos, ele validou o gol.

Pressão dos visitantes

Mesmo longe dos seus domínios, o Bayern esteve melhor no primeiro tempo. Dominou as ações e criou as melhores oportunidades de gol. Teve 54% da posse de bola e deu dez chutes a gol, contra apenas quatro do rival. Só não foi para o intervalo com uma vantagem no placar porque o goleiro Bürki apareceu bem. Quando ele não salvou, a trave estava lá para ajudar, como numa cabeçada de Müller.

Patrik Stollarz/AFP Photo
Ribery, do Bayern, disputa bola com Dahoud, do Dortmund

Equilíbrio e gol

O Dortmund melhorou na segunda etapa e equilibrou as ações. Fechou os espaços na defesa e impôs velocidade no ataque. Aos 26 minutos, num contra-ataque muito veloz após Lewandowski perder uma boa chance, Aubameyang recebeu passe de Dembélé e chutou na saída de Ulreich para balançar as redes.

No final

Tudo parecia decidido. Até que aos 42 minutos, após uma confusão na área do Dortmund, Piszczek marcou contra. Mais uma vez, o árbitro consultou o assistente de vídeo para validar o gol. O empate levou o jogo para os pênaltis.

Ulreich

Na disputa das penalidades, Lewandowski, Ribery, Rudy, Vidal e Süle marcaram para o Bayern. Kimmich desperdiçou. Dembélé, Philipp, Aubameyang e Castro fizeram para o Dortmund. Porém, Rode e Bartra pararam em Ulreich, que jogou no lugar de Neuer, ainda em recuperação de uma lesão.

À espera da Bundesliga

O Campeonato Alemão começa na outra sexta-feira (18), com a partida entre Bayern de Munique e Bayer Leverkusen, em Munique. O Borussia Dortmund, por sua vez, joga no sábado (19), contra o Wolfsburg, fora de casa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos