Conversa com Spartak avança e Grêmio terá semana decisiva por Luan

Do UOL, em Porto Alegre

A conversa com Spartak Moscou está avançando. Neste domingo, o presidente Romildo Bolzan Júnior admitiu que será muito difícil manter Luan e na próxima semana a oficialização de uma oferta pode significar a saída imediata do atacante de 24 anos do time gaúcho.

"Proposta concreta por escrito de clube só temos uma (da Sampdoria, da Itália). Ainda existe muita movimentação sobre proposta, que buscam, perguntam preço. O Spartak (Moscou) fez uma consulta mas não oficializou nada. Existe uma situação que pode se concretizar como proposta oficial. Nos termos que propuseram, não vai avançar. Mas se vierem nos termos que o Grêmio propôs, vai se concretizar. Isso não aconteceu ainda", disse o presidente Romildo Bolzan Júnior.

O impasse é financeiro. Os russos ofereceram 20 milhões de euros (R$ 73,7 milhões). O Grêmio pretende ao menos 24 milhões de euros (R$ 88,4 milhões). Além do valor, o momento que o jogador deixa o clube é que está em questão. O Grêmio aceita receber menos desde que mantenha Luan até o fim do ano. Caso contrário, não abre mão do valor absoluto. O clube detém 70% dos direitos dele.

"O comprador vindo no que o clube pede, pode exigir sua saída", disse Bolzan. "Como o Spartak disse que iria fazer uma proposta e sabe das pretensões do Grêmio. Aguardamos para ver se isso corresponde. A saída pode acontecer, é uma situação concreta. Se passar isso, será o momento de renovação e muitas coisas já foram atendidas", completou o mandatário.

O Grêmio acredita que, se perder Luan, Miller Bolaños pode ser melhor utilizado. Além disso conta com reposição no elenco e não pretende contratar outro jogador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos