Andrei Girotto deixa a Chapecoense e acerta ida ao futebol francês

Dainel Fasolin

Colaboração para o UOL

  • Renato Padilha/EFE

    Andrei Girotto chegou à Chapecoense em janeiro e disputou 45 partidas

    Andrei Girotto chegou à Chapecoense em janeiro e disputou 45 partidas

Andrei Girotto não é mais jogador da Chapecoense. O volante foi negociado com o Nantes, da França, e já deve ficar na Europa para iniciar a temporada 2017/18 com sua nova equipe, comandada pelo técnico Claudio Ranieri, campeão inglês com o Leicester no ano passado.

As conversas sobre a negociação aconteciam desde a semana passada. Após a partida da última segunda-feira (7) contra o Barcelona, no Camp Nou, Girotto se dirigiu à cidade francesa para acertar os detalhes da transação.

A Chapecoense jogou contra o Lyon, nesta tarde, no CT do clube francês e o volante já não participou do jogo amistoso, que terminou com derrota por 2 a 1. As partes não confirmam os detalhes da transação, mas o jogador já deixou o hotel em que a Chapecoense está hospedada em Barcelona.

Girotto estava no Japão e foi contratado no inicio desta temporada, na reconstrução do elenco da Chapecoense. O volante de 25 anos jogou 45 partidas nesta temporada e marcou seis gols. Ele tinha os direitos federativos presos à Tombense e estava emprestado ao time catarinense.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos