Danilo apresenta evolução física e deixa otimista comissão do Corinthians

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

O meio-campista Danilo está perto de voltar a atuar pelo Corinthians depois de se recuperar de uma fratura na perna. Nas últimas semanas, o jogador de 38 anos apresentou evolução física nos trabalhos realizados no CT Joaquim Grava.

"O Danilo já treina normalmente com o grupo. Ele ficou muito tempo sem trabalhar, muito tempo parado. Esse tempo fez com que ele perdesse algumas variáveis importantes, não para treinar, mas suportar um jogo inteiro ou atuar com uma intensidade que ele gostaria. isso que a gente tem trabalhado nos treinos com bola", disse o fisiologista Antonio Carlos Fedato.

Apesar da evolução de Danilo, o Corinthians ainda não faz planos para colocá-lo em campo em jogos oficiais. A ideia do clube é minimizar os riscos ao jogador, que não atua há mais de um ano.

"Projeção para tempo de jogo não tem. Mas ele já está muito melhor de quando ele voltou a treinar. A evolução é bem clara. Ele ganhou níveis de força, equilíbrio muscular. Já diminui bastante a diferença de uma perna para outra. A capacidade de ele acelerar e desacelerar. São pontos que a olho nu é difícil de enxergar, mas com os controles que a gente faz, consegue ter essa ideia de evolução e do que ainda falta. Não falta muito, mas a gente não quer expor o atleta a riscos", frisou Fedato.

Para o preparador físico Walmir Cruz, existe também a preocupação em relação à parte motivacional do atleta, que, segundo a comissão, tem mostrado muita vontade em voltar aos gramados.

"Ele é um cara extremamente experiente. A lesão dele foi muito grave. Existe um processo que não pode ultrapassar etapas. O Danilo saiu do departamento médico, começou a fazer a transição, veio para o campo. Em relação à parte motivacional, já foi relacionado para um jogo [contra o Flamengo, Danilo ficou no banco de reservas]", disse Walmir.

"Até conversei com ele quando o pessoal estava aquecendo no segundo tempo. Perguntei para ele: "está sentindo falta desse clima?' Ele falou que não via a hora de voltar e ver a torcida gritando o nome dele. Essa questão é muito importante. Ele tem vontade e gosta de jogar futebol", completou o preparador corintiano.

Durante os trabalhos realizados no CT, o meia ganha atenção especial. Nesta terça-feira, por exemplo, Danilo foi o último a deixar o campo e realizou um trabalho de força [veja o vídeo acima].

"A gente conversa diariamente o trabalho que será feito e qual a melhor maneira para ele. A gente individualiza bastante o trabalho dele. isso tem ajudado bastante. Vamos fazendo da melhor maneira para que ele volte a atuar em alto nível", ressaltou Walmir.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos