Del Nero vê mercado agitado e promete rapidez em leilão de direitos de TV

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

Marco Polo Del Nero repareceu. Sempre discreto e procurando fugir dos holofotes, o presidente da CBF conversou rapidamente com parte da imprensa na manhã desta quinta-feira (10), após a convocação de Tite para os jogos contra Equador e Colômbia pelas Eliminatórias.

Sem respostas mais demoradas, foi breve e topou falar sobre poucos assuntos. Um deles foi o leilão dos direitos de transmissão dos jogos da seleção para o ciclo 2018-2022.

O cartola acredita em um processo rápido para definir os canais que terão os direitos.

"O mercado está agitado, são muitas propostas. E a TV Globo está sempre aí, é uma grande parceira. O resultado deste processo sai logo logo, rápido", disse Del Nero.

Marco Polo ainda falou rapidamente sobre o caso do Maracanã, rechaçado para o jogo de encerramento do Brasil nas Eliminatórias por conta dos impasses em sua gestão.

"O Maracanã está abandonado. Uma pena não poder jogar. Tem que resolver vestiário, campo. Impossível ter jogo ali. Mas é um problema do Governo. Eu cuido da CBF", completou.

Por fim, acelerando o passo para não ser indagado sobre as polêmicas investigações com seu nome em curso, falou do estado de saúde do vice-presidente da CBF, Coronel Nunes.

"Está se recuperando bem, já já está aí", minimizou. Nunes está internado há dois meses em um hospital em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro.

Apesar da tranquilidade do presidente, o estado de saúde do vice preocupa a cúpula da CBF. A Confederação ainda não sabe quando, e se, Coronel Nunes irá poderá retomar as atividades na entidade.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos