Tite diz que Cássio provou recuperação após ser reserva no Corinthians

Do UOL, em São Paulo

Tite colocou Cássio na reserva no meio do ano passado quando estava no Corinthians. Na ocasião, a justificativa era de que o goleiro precisava aprimorar a parte física. Agora na seleção, o treinador convocou o atleta pela primeira vez. O time enfrentará o Equador e a Colômbia, pelas eliminatórias da Copa.

Indagado sobre a convocação de Cássio, Tite relembrou o período em baixa do goleiro no Corinthians. O técnico afirma que Cássio provou ter recuperado o desempenho de anos anteriores, quando foi um dos destaques do time paulista na Libertadores e Mundial de Clubes, em 2012.

"O momento passado como eu falei se credencia, e o Cássio se encaixou nessa situação. Desde 2012 para cá ele vem num bom momento, teve uma retomada, bom direcionamento".

Cássio é um dos principais nomes do líder do Brasileirão. A defesa alvinegra é a menos vazada da competição, com apenas 9 gols sofridos. Antes da convocação, a CBF enviou o preparador de goleiros do selecionado, Taffarel, para assistir ao treino de Cássio no CT Joaquim Grava.

A convocação de Tite foi feita para os jogos contra Equador e Colômbia, dias 31 de agosto e 5 de setembro, respectivamente. As partidas, válidas pelas Eliminatórias da Copa, serão em Porto Alegre e Barranquilla.

O chamado feito por Tite não afetará os times na disputa do Campeonato Brasileiro. Haverá um intervalo na tabela entre a rodada 22, marcada para os das 26 e 27 de agosto, e a rodada 23, que terá início no dia 9 de setembro.

Os jogadores se apresentarão no dia de 27 de agosto à noite para iniciar a preparação para os duelos. A Copa Sul-Americana e a Libertadores também não acontecerão durante os duelos da seleção brasileira.

Tite comenta convocação de Luan

"Ele foi um jogador que fez uma grande Olimpíada e que teve uma boa regularidade, com exceção do Campeonato Gaúcho. Mas ele é o principal jogador de articulação. Também mereceu".

Ederson destaca disputa por vaga no gol

Goleiro do City, Ederson terá como concorrentes os goleiros Alisson e Cássio.

"Trabalhei muito para chegar esse momento. Apesar de no Brasil eu ser pouco reconhecido, aos poucos estou sendo mais reconhecido. Sempre trabalhei forte em Portugal para que isso acontecesse. Será uma briga sadia. O Brasil está bem servido de goleiros", disse Ederson à "ESPN". 

Tite convoca Cássio e Luan para jogos da seleção

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos