Corinthians recusa R$ 9 milhões por Lucca e pede mais que o dobro

Dassler Marques, Diego Salgado e Ricardo Perrone

Do UOL, em São Paulo

  • Guilherme Artigas/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Levado ao Corinthians por meio dos representantes do jogador, o interesse do Nantes-FRA por Lucca foi prontamente recusado nesta sexta-feira.

Os emissários consultaram a direção corintiana por uma venda por 2,5 milhões de euros (R$ 9,3 milhões), mas a resposta foi de que o clube só abre conversas por 6 milhões de euros (R$ 22,4 milhões).

Nos contatos, os representantes argumentaram que Lucca já havia dado aval para a mudança à França e que a Ponte Preta havia sido informada. Entretanto, o Corinthians entende que os valores apresentados são inferiores ao que o atacante de 27 anos vale no momento. 

Cedido por empréstimo para a Ponte Preta até dezembro, Lucca trava duelo pela artilharia do Brasileirão e está na segunda posição, com 10 gols marcados. O primeiro da lista é o corintiano Jô.

Adquirido em definitivo há pouco mais de um ano, Lucca tem 60% de direitos econômicos presos ao Corinthians, que só vê uma negociação com bons olhos pelos valores estipulados aos empresários - o atacante é representado pela Elenko Sports, do ex-conselheiro corintiano Fernando Garcia.

Em conversas com a diretoria, o treinador Fábio Carille já deu aval para que Lucca, valorizado por seu bom desempenho na Ponte Preta, retorne ao Corinthians para a temporada 2018. Apesar de ter contrato até dezembro, o clube de Campinas é obrigado a liberar o atacante caso tenha oferta do exterior que seja aceita pelos corintianos. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos