Palmeiras perde Jaílson por um mês, e Cuca diz que Prass vai renovar

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras anunciou nesta sexta-feira (11) que Jaílson precisará se afastar por um mês dos campos. O goleiro teve uma lesão no quadril durante a disputa de pênaltis nas oitavas de final da Libertadores, diante do Barcelona, e será substituído por Fernando Prass.

Em entrevista coletiva, o técnico Cuca, aliás, disse que o goleiro reserva já tem acordo avançado para renovar seu contrato, que termina em dezembro de 2017. Ele já poderia assinar um pré-contrato com outra equipe, mas seguirá no clube, segundo o treinador.

Cuca ainda aproveitou para dizer que a renovação com Prass já estava encaminhada antes mesmo da lesão de Jaílson e que o fato de as conversas avançarem justamente no mesmo momento é coincidência.

"Temos muitas baixas por causa da batalha campal. Nós perdemos o Mina, o Dudu e agora perdemos o Jaílson, que também é por um tempo. Ainda bem que a gente já estava renovando com Fernando Prass antes do episódio do Jaílson. É bom o torcedor saber, já estava sendo negociada a renovação e tomara que renove. Se não for agora, já vai ser a semana que vem", afirmou.

O comandante também afirmou que Egídio está em processo de renovação. O acordo com o lateral esquerdo vale até o fim deste ano. "Estamos negociando, não sei em que pé está. Eu, o presidente e o Alexandre falamos entre nós que poderia renovar com Fernando e Egídio. E agora estão discutindo valores".

O Palmeiras enfrenta o Vasco neste domingo com vários desfalques. Além dos três citados pelo técnico, Moisés também será preservado e Mayke não tem condições físicas de atuar. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos