Chapecoense perde para o Urawa na Copa Suruga, mas fatura R$ 191 mil

Do UOL, em São Paulo

  • Masashi Hara/Getty Images

    Fabrício Bruno pressiona Zlatan Ljubijankic

    Fabrício Bruno pressiona Zlatan Ljubijankic

Após a turnê pela Europa, a Chapecoense encerrou sua série de jogos fora do país com uma derrota por 1 a 0 para o Urawa Red Diamonds, do Japão, pela disputa da Copa Suruga. O jogo foi realizado nesta terça-feira, às 7 horas (de Brasília), no Saitama Stadium. O campeão do torneio amistoso embolsará US$ 200 mil (R$ 637 mil segundo a cotação atual). E o perdedor, US$ 60 mil (R$ 191 mil). Clique aqui para assistir ao único gol da partida.

O primeiro tempo não teve emoções. A Chapecoense não conseguiu ter a posse de bola e desenvolver as jogadas para chegar ao gol. Enquanto isso, o Urawa estava mais organizado do que a equipe brasileira e teve mais chances.

O time comandado pelo técnico Vinícius Eutrópio fez uma marcação baixa, o que permitiu com que o Urawa avançasse com facilidade no campo de ataque. Com isso, a Chapecoense também teve muita dificuldade na saída de bola.

No início da etapa complementar da partida, a Chapecoense melhorou e emplacou duas boas chances. Ambas com Arthur, que foi lançado e chutou com o pé esquerdo, mas o goleiro defendeu o tiro. No rebote, o atacante mandou para fora.

Quando a partida se encaminhava para a disputa das penalidades máximas, Lucas Marques vacilou, perdeu para Ljubijankic, que foi derrubado na área por Douglas Grolli aos 40 minutos do segundo tempo. Os jogadores da Chapecoense reclamaram muito e tentaram convencer o árbitro de que não foi pênalti.

Aos 48 minutos, Abe conseguiu cobrar o pênalti, Jandrei pulou, mas não alcançou e o Saitama Stadium explodiu de felicidade, porque o Urawa Red ficou com a mão na taça da Copa Suruga. 

A Chapecoense tentou a pressão para empatar o confronto, mas não conseguiu balançar as redes e acabou com o vice-campeonato da Copa Suruga.

UOL Cursos Online

Todos os cursos