Com Emerson Santos, Palmeiras reforça padrão de aposta em jovens zagueiros

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Vitor Silva/SSPress/Botafogo

    Zagueiro do Botafogo defenderá o Palmeiras a partir de 2018

    Zagueiro do Botafogo defenderá o Palmeiras a partir de 2018

Na terça-feira (15), o Palmeiras finalizou acordo para ter o zagueiro Emerson Santos em seu elenco a partir de janeiro de 2018. O defensor tem vínculo com o Botafogo até dezembro deste ano, esteve perto do Corinthians, mas se tornou o primeiro reforço alviverde para a próxima temporada. A contratação evidencia um padrão instaurado pela diretoria palmeirense desde 2015, quando começou a gestão de Alexandre Mattos no departamento de futebol.

Emerson é o sétimo zagueiro contratado pelo Palmeiras no período com idade inferior a 25 anos. A lista começou com Vitor Hugo e Jackson há dois anos e meio, passou por Mina na temporada passada e ganhou três novos representantes em 2017: Antonio Carlos, Luan e Juninho. Foram apostas do clube em atletas com potencial de crescimento técnico e, consequentemente, de mercado, seja por compras ou por empréstimos.

Foi assim que Vitor Hugo se destacou e acabou vendido para a Fiorentina, em negociação que rendeu mais de R$ 15 milhões para os alviverdes. Mina, que custou R$ 12 milhões quando tinha somente 21 anos, já tem sido até titular da seleção colombiana e tem acordo para se transferir para o Barcelona logo após a Copa do Mundo de 2018. Os dois são exemplos do modelo de investimento em jovens defensores.

Foram exceções à regra apenas três contratações desde 2015: Victor Ramos, Roger Carvalho e Edu Dracena, único que ainda continua no elenco. O camisa 3 tem 36 anos e contrato somente até o fim de 2018, por isso já abre a necessidade de se planejar o futuro, mesmo que já tenha feito mais partidas em 2017 do que na última temporada (32 a 25).

Um contraponto à filosofia palmeirense de contratar jovens zagueiros é a dificuldade que atletas formados na base do clube encontram para lutar por espaço no elenco profissional. Também desde 2015, integraram o grupo principal apenas Nathan, que já havia sido promovido em 2014,  e Augusto, que nunca atuou. Há ainda Thiago Martins, contratado do Mogi Mirim ainda aos 17 anos e que soma 32 jogos e quatro gols no Palmeiras.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos