Por decisão técnica, Renan Ribeiro perde vaga para Sidão no São Paulo

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Fim/Estadão Conteúdo

    Renan pode perder a posição para Sidão contra o Avaí

    Renan pode perder a posição para Sidão contra o Avaí

O São Paulo sofrerá uma mudança em sua escalação para o jogo deste domingo, contra o Avaí. O goleiro Renan Ribeiro perderá a vaga entre os titulares para Sidão. A decisão foi tomada pela comissão técnica depois da vitória de virada por 3 a 2 sobre o Cruzeiro, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

Nesta quinta-feira, no CT da Barra Funda, Renan começou o treino longe dos outros colegas de posição, enquanto os titulares, com Sidão, faziam a atividade em campo reduzido. O setor é um dos que mais que gerou críticas de torcedores desde a aposentadoria de Rogério Ceni, no fim de 2015. No ano passado, Denis foi o escolhido para substituir o ídolo, mas não conseguiu se firmar no time.

"O Renan é um profissional que tenho carinho especial por ele, mas eu vinha amadurecendo a situação e era uma ideia nas últimas semanas e espero que Sidão entre bem e faça um bom trabalho", explicou Dorival Junior, em entrevista à "ESPN'.

"A saída pode ser pontual. É natural que o goleiro só mostra isso atuando e que o Renan ficou sentido nesse momento. Eu respeito muito o profissionalismo dele (do Renan). Eu dei a primeira oportunidade para ele no Galo e por isso tenho carinho, mas nesse momento eu sinto que preciso fazer alteração. Eu sinto pelo lado do atleta, mas é algo que vinha amadurecendo e resolvi tomar uma posição", completou.

Contratado nesta temporada, Sidão teve boa performance durante a Florida Cup, em janeiro, mas ficou longe do time em quase todo o Campeonato Paulista por conta de uma lombalgia. Aos poucos, Renan foi conquistando o seu espaço. Neste ano, ele disputou 30 partidas, sendo 20 no Brasileiro. No entanto, nos últimos jogos, o camisa 30 cometeu algumas falhas e virou alvo de críticas.

Por coincidência, o São Paulo vive um dilema para definir quem será o dono da posição em 2018. Com contrato só até o fim deste ano, Denis não faz parte dos planos e deve seguir a carreira em outro clube. Renan tem vínculo com o Tricolor só até maio e o seu estafe já abriu negociação para a renovação. Porém, as conversas não evoluíram e até o momento não houve um acordo. Já Sidão é o único que está garantido até o término de 2018.  

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos